4 duelos de samurais

Bonitos, bons de guiar, confiáveis e práticos, os carros japoneses estão na moda novamente. Para quem deseja colocar um na garagem, reunimos oito modelos em quatro duelos duríssimos

2741

Ah, os carros japoneses… Como não amá-los, se eles são bonitos e bons de dirigir? Como não desejá-los, se são confiáveis e práticos? Faz muitos anos que brasileiros (e americanos) são fãs dos automóveis japoneses. E recentemente, graças a uma onda de bons lançamentos e melhoras nos produtos já existentes, eles voltaram a ficar na moda.

É difícil encontrar alguém que não sonha com um carro japonês. Por isso, nessa edição, decidimos fazer quatro comparativos com veículos dessa nacionalidade, reunindo dois crossovers, dois sedãs médios, duas picapes e dois sedãs compactos. Então, a sorte está lançada. O Nissan Kicks enfrenta o novo Honda WR-V, o Honda Civic encara o novo Toyota Corolla, o Toyota Hilux combate a nova Nissan Frontier e o Nissan Versa briga com o Toyota Etios.

Não que eles sejam os únicos japoneses desejados do momento. Pelo contrário. Subaru, Mitsubishi e Suzuki também têm modelos bastante atraentes. Mas, por questão de espaço, decidimos ficar com esses representantes das três marcas que estão entre as dez mais vendidas do mercado brasileiro: Toyota, Honda e Nissan. A Toyota ocupa a sexta posição no ranking e é detém 9,0% do mercado, com 55.128 emplacamentos nos quatro primeiros meses de 2017. A Honda é a oitava colocada, com 6,7% de participação e 40.949 vendas. A Nissan fecha a lista das top 10, abiscoitando 3,8% do mercado com 23.389 licenciamentos.

E por que esses quatro duelos? Porque acreditamos que são dúvidas que estão na cabeça dos consumidores. O Nissan Kicks também pode ser concorrente do Honda HR-V, mas na versão de entrada suas características estão muito próximas das do WR-V. O Kicks é o quinto colocado entre os SUVs/crossovers e já vendeu 9.138 unidades. Mas o WR-V, apesar de estar em 11º lugar, já conseguiu 2.567 vendas em apenas dois meses.

Já a briga entre o Civic e o Corolla é eterna. A Honda deu um passo adiante em design ao lançar a 10ª geração do Civic e não se fez de rogada ao lançar uma versão turbinada de quase R$ 125.000. Os Civic que mais vendem, porém, ainda usam o motor 2.0 aspirado, bastante similar ao do rival Corolla. Este, aliás, é um fenômeno: tradicional e conservador, mas muito competente, o Corolla também teve uma leve melhora e segue imbatível em primeiro lugar de sua categoria, com 17.905 vendas. O Civic emplacou 9.830 unidades e está em segundo.

Entre as picapes, uma das mais desejadas é a Toyota Hilux. Sua quarta geração foi lançada em 2016 e a manteve em segundo lugar no segmento, com 9.921 licenciamentos. Já a desafiante Nissan Frontier acabou de ser mudada e, por enquanto, vem importada do México em apenas uma versão, bem mais em conta. Ela é a oitava colocada entre as picapes, com 1.259 vendas. Mas tem potencial para brigar de igual para igual. Bem, apresentados os oito samurais, agora é hora de conferir, nas próximas 16 páginas, quais são os melhores carros japoneses.

Kicks x WR-V
Civic x Corolla
Versa x Etios
Hilux x Frontier

blog comments powered by Disqus