HB20 R spec agrada quem quer visual esportivo

De olho num nicho de 25.000 carros/ano, o Hyundai HB20 R spec tem motor 1.6, câmbio de seis marchas e um visual arrebatador para tirar o trono do Fiat Palio Sporting

15732

O sucesso das séries especiais Spyce (4.200 vendas) e Copa (8.000) motivou a Hyundai a lançar uma nova versão definitiva para o HB20: a R spec. Trata-se de um HB20 esportivado, ou seja, com visual e detalhes de carro esportivo, mas sem modificações mecânicas em relação às versões normais. Segundo o gerente de produto da Hyundai Brasil, Rodolfo Stopa, esse tipo de carro atende “o consumidor que quer visual esportivo, mas não pretende pagar mais para ter um motor mais potente”. E não são poucos que buscam um automóvel assim.

Esse nicho de mercado comporta 25.000 unidades e deve crescer com a chegada do HB20 R spec. O líder dos esportivados é o Fiat Palio Sporting, com cerca de 4.800/5.000 emplacamentos/ano. Bonito, o carro é. E foi justamente aproveitando o principal atributo do HB20 – o design – que a montadora de Piracicaba (SP) decidiu apostar em uma nova versão. O HB20 R spec tem apenas uma opção de motorização (1.6 flex de 122/128 cv) e duas de transmissão (manual e automática, ambas de seis marchas). Além das tradicionais cores preta, prata e azul, o R Spec terá a exclusiva cor vermelha das fotos.

Por fora, é um carro ousado, mas sem exageros. Ele tem uma grade mais agressiva, com contorno diferente das demais versões, rodas diamantadas aro 15 com interior preto, pneus 185/60 (Pirelli Cinturato P1 ou Goodyear EfficientGrip), pinças de freios vermelhas, novo para-choque traseiro, ponteira de escapamento cromada (visível pela primeira vez na linha HB20), capa do retrovisor sempre na cor preta e logotipo “R spec” na grade dianteira e na tampa traseira. Sentimos falta apenas de um minúsculo logo “R spec” nos paralamas dianteiros, logo à frente da porta.

Apesar de ser uma concepção da Hyundai Brasil, o HB20 R spec foi criado pelo centro de design da marca em Namiyang, na Coreia do Sul. Os estilistas tiveram o bom senso de não colocar nenhuma faixa no carro e capricharam também no interior. Por dentro, o carro é todo preto com detalhes vermelhos no painel, no volante e na alavanca de câmbio. Os bancos são bonitos, esportivos, aconchegantes e trazem a assinatura “R Spec”. O volante multifuncional de couro tem excelente pegada e o quadro de instrumentos traz marcadores analógicos para combustível e temperatura do motor (nas demais versões, são digitais). As pedaleiras são cromadas.

O interior bem pensado pode não diferenciar o HB20 R spec dos Fiat que competem nesse nicho, mas vai diferenciá-los dos rivais da Volkswagen, pois a montadora alemã não modifica a parte de dentro de seus esportivados. Talvez por isso, o diretor de marketing da Hyundai, Cassio Pagliarini, não esconda o objetivo de vender 5.000 unidades em 2016 e levar o R spec à liderança. A Hyundai não divulgou os preços antes do fechamento desta edição, mas revelou que ficará entre as versões Comfort Style (R$ 55.845) e Premium (R$ 59.445). As vendas começam depois do Carnaval.

Ficha técnica:

Hyundai HB20 1.6 R Spec

Preço estimado: R$ 57.000
Motor: 4 cilindros em linha 1.6, 16V, duplo comando, variável na admissão
Cilindrada: 1591 cm3
Combustível: flex
Potência: 122 cv a 6.000 rpm (g) e 128 cv a 6.000 rpm (e)
Torque: 16,0 kgfm a 4.500 rpm (g) e 16,5 kgfm a 5.000 rpm (e)
Câmbio: manual ou automático sequencial, seis marchas
Direção: elétrica
Suspensões: McPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: discos ventilados (d) e tambor (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 3,920 m (c), 1,680 m (l), 1,470 m (a)
Entre-eixos: 2,500 m
Pneus: 185/60 R15
Porta-malas: 300 litros
Tanque: 50 litros
Peso: 1.071 kg
0-100 km/h: 11s0 (g) e 10s6 (e)
Velocidade máxima: 186 km/h (g) e 190 km/h (e)
Consumo cidade: 11,6 km/l (g) e 8,1 km/l (e)
Consumo estrada: 13,9 km/l (g) e 9,9 km/l (e)
Nota do Inmetro: B
Classificação na categoria: A (Compacto)

blog comments powered by Disqus