Honda WR-V chega à Índia com preço de Fiat Mobi

Crossover derivado do Fit chega ao país asiático a partir de 775.000 rúpias (R$ 36.800)

4695
Reprodução

Lançado oficialmente no Brasil nesta semana, a partir de R$ 79.400 (confira aqui versões e preços), o Honda WR-V acaba de chegar também ao mercado indiano. Por lá, porém, o crossover derivado do Fit será bem mais acessível e irá partir de 775.000 rúpias, o equivalente a R$ 36.800. Praticamente o valor cobrado por um Fiat Mobi Easy On (R$ 37.070) e bem mais acessível que o Mobi Way (R$ 40.690), um dos aventureiros mais baratos do Brasil.

Visualmente idêntico ao WR-V feito em Sumaré (SP), no país asiático, o crossover será oferecido em duas versões (S e VX), com duas opções de motorização (1.2 a gasolina de 90 cv e 1.5 diesel de 100 cv), com câmbio manual de cinco (1.2) ou seis marchas (1.5). A configuração de topo é a VX com o motor diesel, que traz itens indisponíveis mesmo na versão EXL do carro brasileiro, como o teto solar elétrico, sistema de partida sem chave e ar-condicionado automático digital. Mesmo assim, o preço não assusta: 990.000 rúpias (cerca de R$ 47.500).

O mercado indiano é conhecido pelos carros com preços bem baixos. Pelo menos no olhar do brasileiro. Um Ford Figo (o Ka da Índia), parte de R$ 465.500 rúpias (cerca de R$ 22.114), enquanto o Toyota Etios Cross feito por lá (concorrente direto WR-V) sai por 659.707 rúpias (cerca de R$ 31.340). No Brasil, o mesmo modelo parte de R$ 64.290.

Cargas tributárias e posicionamentos de mercado à parte, parte da explicação para esses preços pode estar no bolso: na Índia, cada região define o salário mínimo. E mesmo na capital Nova Delhi, o valor é de baixas 9.568 rúpias por mês (cerca de R$ 455). Menos de metade do mínimo brasileiro…

blog comments powered by Disqus