Avaliação: Mercedes Classe C Cabriolet, mas com receita AMG

Além do C 63 S de 510 cv, que dirigimos, têm ainda o C 63 e o C 43 com tração 4Matic

Ah, os AMG. Melhor não dirigi-los. Mas se os dirigimos, por que não tê-los? Com o perdão da corruptela na máxima de Vinícius de Moraes, o Mercedes-AMG Classe C Cabriolet é o carro certo para o país errado. Mercadologicamente, talvez não faça sentido para a Mercedes-Benz importar essas versões para o Brasil. Afinal, o topo de linha C 63 S, de 510 cavalos de potência, custaria algo em torno de R$ 600.000. Não é um carro para mercados pequenos. Da mesma forma, o C 63 “normal”, que usa o mesmo motor 4.0 V8 biturbo do C 63 S, mas com “apenas” 476 cv, está longe de ser o carro que vai atrair um público na faixa de 35 anos para a Mercedes.

A linha AMG do novo cabriolet é completada com o C 43, que tem motor 3.0 V6 de 367 cv e tração integral 4Matic. Chovia no dia em que pudemos dirigir o C 63 S Cabriolet na região de Trieste. E, para dizer a verdade, nem liguei, pois a capota de lona vermelha é tão charmosa que deixa o carro belíssimo tanto “vestido” quanto com o interior exposto. Além dessa cor, a capota também pode vir nas cores azul, preta e marrom. E o interior tem mais cinco cores, o que permite múltiplas combinações.

Muito mais arisco, o Mercedes-AMG C 63 S Cabriolet não admite brincadeiras. Com o modo Sport ativado, portanto com as suspensões mais duras, bastou uma acelerada brusca para o carro rabear na estradinha molhada. O jeito foi se conformar com o mau tempo e rodar de forma mais maneira, jogando os modos Sport e Sport Plus apenas nas retas, para sentir a força do motor V8 e os pipoucos do escapamento invadindo as orelhas geladas. Pelo menos nesse primeiro momento, nenhuma dessas feras deve vir para o Brasil. Ah, os AMG. Melhor não dirigi-los…

—–

Ficha técnica:

Mercedes-AMG C 63 S Cabriolet

Preço básico (Alemanha): € 67.919
Carro avaliado: € 91.689
Motor: 8 cilindros em V 4.0, 32V, biturbo
Cilindrada: 3982 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 510 cv de 5.500 a 6.250 rpm
Torque: 71,4 kgfm de 1.750 a 4.500 rpm
Câmbios: automático sequencial, sete marchas
Direção: elétrica
Suspensões: four link (d) multi-link (t)
Freios: discos ventilados (d/t)
Tração: traseira
Dimensões: 4,750 m (c), 1,877 m (l), 1,405 m (a)
Entre-eixos: 2,840 m
Pneus: 255/35 R19 (d) e 285/30 R19 (t)
Porta-malas: 360 litros (285 com a capota recolhida)
Tanque: 66 litros
Peso: 1.925 kg
0-100 km/h: 4s1
Velocidade máxima: 250 km/h (limitada)
Consumo cidade: 8,1 km/l (na Europa)
Consumo estrada: 13,3 km/l (na Europa)
Emissão de CO2: 218 g/km
Nota do Inmetro: não participa (classificação E na Euro 6)

blog comments powered by Disqus