Mercedes Classe S vai ficar ainda mais autônomo

2065

Mais luxuoso dos sedãs da Mercedes-Benz, o Classe S deve ganhar ainda este mês uma reestilização visual, que, segundo o fabricante, virá acompanhada da adoção de novos sistemas que vão deixar o modelo mais autônomo em relação ao motorista.

O piloto automático adaptativo Distronic, que é capaz de controlar o veículo em rodovias a velocidades de até 210 km/h, passa a trabalhar em conjunto com o sistema de navegação e a sinalização para ajustar a velocidade do veículo de acordo com a sinalização, condições e também com o traçado da pista. E a atuação do sistema varia ainda de acordo com o modo de condução escolhido pelo motorista.

Outra novidade é a possibilidade de mudar de faixas em uma rodovia apenas com um toque na alavanca de seta. Ao receber o comando, o Active Lane Change Assist se encarrega de fazer a manobra desde que haja espaço suficiente. O equipamento atua em velocidades de 80 até 180 km/h. Os sistemas eletrônicos do Classe S serão ainda capazes de identificar um pedestre na rota do veículo e, além de atuar no freio, fazer uma manobra evasiva sem a intervenção do condutor.

E se o carro notar que o motorista deixou de atuar nos comandos (acelerador, freio ou direção) por certo tempo, além dos alertas dados normalmente nos carros equipados com sistemas de direção semiautônomos, a eletrônica assume o comando total do veículo, acionando o pisca-alerta, reduzindo a velocidade, estacionando o carro no acostamento e destravando as portas. De quebra, o Classe S entra em contato com os serviços de emergência.

blog comments powered by Disqus