O novo Jeep Compass e os seus rivais alemães

11351

O Jeep Compass é o único carro a diesel nessa disputa com os crossovers alemães. Diferentemente da versão Trailhawk, a Longitude terá também motor 2.0 flex e tração 4×2. Custa R$ 20.000 a menos que um Audi Q3 e é mais bem equipado. Entre as duas opções de Longitude (flex 4×2 e diesel 4×4) haverá ainda uma Limited (flex 4×2). O quadro de instrumentos com tela TFT (3,5” na Longitude/Limited e 7” na Trailhawk), GPS, piloto automático, assistente de subida e câmera de ré em todas as versões farão a diferença perante os concorrentes premium. Em relação ao Compass Trailhawk, que mostramos nas páginas anteriores, o Compass Longitude visto aqui tem rodas maiores (aro 18), porta-malas de 410 litros e pneus mais adequados para o uso em asfalto liso. E sua versão mais cara (diesel 4×4) custa menos do que as mais baratas dos rivais alemães.

12_ms401_compass_conco2Mercedes-Benz GLA

Tão baixo que mais parece um hatch

O Mercedes-Benz GLA é um crossover a milhas de distância de um utilitário esportivo. Está mais para um hatch elevado. A faixa de preços vai de R$ 144.900 a R$ 210.900. São três versões flex 1.6 de 156 cv e duas a gasolina 2.0 de 211 cv. As duas motorizações têm sistema start-stop. O GLA oferece conexão com Android Auto e Apple CarPlay desde a versão Advance 1.6 (R$ 154.900). Nenhuma configuração, porém, traz câmera de ré. Mas a segurança é elevada: todas já vêm com sete airbags (item disponível somente no Compass Trailhawk). Apesar de ser baixo e largo, o GLA vem com suspensão configurada para “off-road” nas versões 200 e para “conforto” nas 250. O porta-malas acomoda 421 litros – fica no meio termo entre o Compass e o Q3.

12_ms401_compass_conco5

Audi A3

Motores turbo e alta esportividade

Aproposta do Audi Q3 é francamente diferente da ideia do Jeep Compass. O Q3 não é um SUV, é um crossover. Nasceu da carroceria do Audi A3 e tem muito da mecânica do hatch, mas com suspensões elevadas. O foco está muito mais centrado na esportividade do que na aventura. Das quatro versões, três são 1.4 de 150 cv com câmbio sequencial de seis marchas e uma tem a famosa tração integral Quattro com motor 1.8 de 180 cv. Todos os motores são turbinados (o 1.4 é flex) e têm sistema start-stop. A versão 2.0 de 220 cv não é mais importada. O Audi Q3 tem porta-malas maior que o rival americano (460 litros), mas peca por não oferecer câmera de ré e assistente de subida em nenhuma versão. Piloto automático, só a partir da Ambiente (R$ 153.990). Navegador, só na Ambition 1.4 (R$ 169.990). Em compensação, todos os Q3 têm cinco airbags. Rodas aro 17 na Attraction e aro 18 nas demais.

12_ms401_compass_conco8

BMW X1

Potência, simplicidade e segurança

O X1 tem apenas três versões à venda, mas elas são bem posicionadas. Para fazer jus ao DNA da BMW, a potência dá de goleada na concorrência. As duas versões 4×2 entregam 192 cv (o rival mais potente tem apenas 156) e a única 4×4 tem nada menos de 231 cv. Para se ter uma idéia, o Compass 4×4 tem 170 cv e o GLA mais potente não passa de 211, apenas com tração dianteira. A simplicidade da linha também está na distribuição dos equipamentos (todas as versões têm GPS, piloto automático, controle de tração/estabilidade e seis airbags). O problema é que nenhum X1 tem câmera de ré, assistente de subida ou Android Auto e Aple CarPlay, como se vê distribuído entre os rivais. O X1 é o menos equipado dos três, considerando os itens listados. Mas conquista pelo visual, pelo motor flex, pela tração 4×4 e, claro, pela dirigibilidade combinada com potência.

12_ms401_compass_conco11

blog comments powered by Disqus