O que será do VW Gol com o novo Polo?

26882

Houve muita confusão a respeito da nova geração do VW Polo, que chega ainda este ano ao mercado brasileiro. Muita gente noticiou que o carro em questão era, na verdade, uma nova geração do Gol. Bem, quem o fez não estava completamente errado. O projeto do hatch teve início no segundo semestre de 2014 e, inicialmente, a marca alemã até pensou em vender esse automóvel como uma nova geração do Gol.  Mas a filial brasileira fez as contas e, por fim, descobriu que o carro não poderia ser vendido por menos de R$ 50 mil. E o Gol virou Polo.

E onde eu quero chegar com essa introdução? Que essa mudança nos planos vai fazer o Gol atual ficar mais alguns anos no mercado. Já sabendo que o novo carro para 2017 seria um Polo, a marca alemã resolveu investir no Gol atual no começo do ano passado, época em que o modelo recebeu pequenas mudanças externas e um novo painel. E as vendas ao longo de 2016 mostraram uma resposta positiva do mercado às novidades estéticas, convencendo a direção da montadora que o carro atual é capaz de sobreviver mais alguns anos no mercado.

Um Gol totalmente novo deverá chegar ao mercado apenas no segundo semestre de 2020. Mas, até lá, o ‘velho’ Gol terá algumas novidades: a primeira delas deverá ser uma mudança mais significativa no design externo para, provavelmente o segundo semestre de 2018. Além disso, para firmar ainda mais a imagem do campeão de vendas da marca, uma edição limitada vai comemorar os 30 anos do lendário Gol GTI. Este novo Gol esportivo terá como base o conceito Gol GT, apresentado no último Salão de São Paulo. Esse recurso de marketing servirá principalmente para mostrar a força que o nome Gol ainda tem no mercado.

O verdadeiro novo Gol

Como a moderna plataforma MQB mostrou ter um custo de produção alto em um carro de entrada, o Gol 2020 terá uma plataforma derivada da PQ12 do Up. Com esse recurso, o compacto terá um custo que o tornará bastante competitivo no segmento entre R$ 35 mil e R$ 50 mil.

Na mecânica, o motor flex 1.0 de três cilindros poderá até mesmo ganhar alguns cavalinhos. Nas versões mais caras, o bom motor 1.6 também deverá ter sua performance melhorada. Ainda não foi resolvido se esse Gol 2020 terá uma versão esportiva com o bom motor 1.0 TSI com injeção direta, hoje com 125cv. O câmbio de seis marchas, por uma questão de economia de combustível, poderá estar disponível até mesmo nas versões de entrada.

A fase de projeto que se encontra o esse Gol para 2020 é a seguinte: ele aguarda a aprovação do novo design da carroceria, para que se comece a desenvolver o ferramental que estampará o novo carro. Depois disso, os primeiros protótipos deverão ser montados para o início dos testes de rodagem.

Este não é o único projeto no forno, por isso, o pessoal da engenharia e manufatura devem estar trabalhando agora a todo o vapor para que carro novo esteja pronto no primeiro semestre e tenha suas vendas iniciadas no segundo semestre de 2020, já como modelo 2021.

Em paralelo, essa nova família Gol vai contar ainda com o pequeno sedan Voyage e nossa velha conhecida picape Saveiro. O novo Voyage deverá chegar juntamente com o novo Gol, mas a nova Saveiro deverá esperar para 2021.

Lembrem-se de que, apesar dos nomes conhecidos, serão automóveis totalmente novos, com toda a tecnologia construtiva que temos nos dias de hoje. Essa nova família encerrará o ciclo de novos produtos que a Volkswagen vai iniciar com o lançamento o Polo G e Virtus e encerra com a Saveiro.

Um ciclo de carros com a mesma tecnologia dos europeus.

blog comments powered by Disqus