Segunda geração do Peugeot 3008 desembarca no Brasil por R$ 135.990

10349

Uma das atrações da Peugeot no Salão de São Paulo do ano passado, o 3008 de segunda geração desembarca no mercado brasileiro. Totalmente renovado, o crossover trocou o jeitão de monovolume pela carroceria com estilo mais próximo dos SUVs, para brigar na mesma faixa do Jeep Compass e Hyundai New Tucson.

O novo 3008 será comercializado inicialmente apenas na versão de topo Griffe, equipada com o motor 1.6 THP (165 cv de potência e 24 kgfm de torque a 1.400 rpm) e o câmbio automático de seis marchas, com opção de trocas manuais. O preço sugerido é de R$ 135.990. Feito sobre a nova plataforma EMP2, o novo 3008 é 100 kg mais leve que o anterior.

O crossover ficou mais longo e alto (o que contribuiu para o porta-malas de 521 litros, ou 9 litros a mais que no antigo 3008). Outra mudança foi a adoção do “i-cockpit”, painel alto que é visualizado por cima do volante e já é visto nos 208 e 2008. A diferença está no quadro de instrumentos digital configurável, que permite a exibição de diferentes configurações de mostradores.

Já a tela multifuncional no console central concentra as funções da central multimídia (compatível com Android Auto e Apple CarPlay) e do sistema de ar-condicionado. Chama atenção a alavanca do câmbio automático, com desenho diferente do convencional, e os botões responsáveis por controlar desde a persiana do teto ao aquecimento e o massageador nos bancos dianteiros.

A lista de equipamentos de série inclui faróis direcionais do tipo full LED, rodas de 19 polegadas com acabamento diamantado, airbags laterais e de cortina, sistema multimídia com tela de 8 polegadas, painel digital configurável com tela de 12,3 polegadas, ar-condicionado automático de duas zonas, iluminação interna configurável, carregador de celular por indução, bancos de couro com função aquecimento e massagem nos assentos dianteiros. Os primeiros compradores do novo 3008 vão levar ainda o patinete dobrável com assistência elétrica e-Kick.

blog comments powered by Disqus