Toyota C-HR aparece na sua forma definitiva em Paris

Feito na Turquia para disputar o mesmo segmento do Honda HR-V e do Jeep Renegade, o Toyota C-HR (sigla para Coupé High-Rider) foi uma das atrações do estande da marca japonesa em Paris. Apresentado inicialmente no último Salão de Genebra (Suíça), em março, o modelo aparece na mostra francesa em sua versão de produção.

O crossover estreia ainda neste ano na Europa. Feito sobre a nova plataforma modular TNGA (a mesma do novo Prius), o C-HR será oferecido com motores a gasolina 1.2 turbo de 116 cv e (câmbio manual de seis marchas e automática CVT) e 2.0 aspirado  (somente com CVT). Há uma opção híbrida com um 1.8 associado a propulsor elétrico e potência combinada de 122 cv – o mesmo conjunto presente no Prius. E ainda existe a opção da tração nas quatro rodas.

O C-HR é maior que o HR-V, com dimensões de 4,36 m de comprimento; 1,795 m de largura e entre-eixos de 2,64m (ante os 4,294 m de comprimento; 1,77 m de largura e o entre-eixos de 2,61 m do Honda). Essas medidas garantiram bom espaço interno e para os ocupantes traseiros.

O interior, revelado pela primeira vez em um salão, é ousado ao mesclar linhas angulosas, cores e bons materiais empregados no acabamento. Um destaque é a central multimídia na parte superior. Uma pena que o quadro de instrumentos não seja tão refinado quanto o restante da cabine. Em segurança, ele é equipado de série em todas as versões com sistema de frenagem automática de emergência e de reconhecimento de placas de sinalização, alerta de mudança de faixa, controle automático de farol alto. 

Ainda não existe previsão oficial para a venda do modelo no mercado brasileiro. Mas, conforme apuramos, ele é fortíssimo candidato à produção nacional, como você pode conferir na reportagem de capa que fizemos sobre o carro há alguns meses (clique aqui).

E JÁ ANDAMOS NELE! CLIQUE AQUI E CONFIRA A REPORTAGEM

blog comments powered by Disqus