Toyota do Brasil está na fila para importar C-HR

Más notícias para quem esperava por novidades sobre a possível montagem do Toyota C-HR no Brasil. CEO da Toyota para América Latina e Caribe, Steve St.  Angelo confirmou em Buenos Aires que o concorrente do Honda HR-V segue fora dos planos de produção. O crossover compacto, porém, não foi totalmente descartado para o País.

“Não vou mentir. Fiz de tudo pra fabricar no Brasil, mas é muito caro, inviável. Perco dinheiro a cada Etios que vendo. Estamos estudando importar, mas a capacidade produtiva da Turquia não tá dando conta de tanta demanda. Estamos na fila”, disse St. Angelo.

Diferente do Salão de São Paulo, onde a marca mostrou um C-HR conceito, para o Salão argentino a Toyota trouxe um exemplar da versão híbrida de produção, que utiliza o mesmo conjunto mecânico do Prius e é atualmente a preferência de incríveis 80% dos compradores do carro na Europa.

Montado sobre a nova plataforma modular TNGA, que é a mesma do híbrido Prius (e bem mais cara que a base do Honda HR-V, do Fit), o C-HR é oferecido também no mercado europeu com um motor 1.2 turbo de 116 cv.

OUTROS DESTAQUES

Além dos já conhecidos Hilux e Corolla, a Toyota expõe em Buenos Aires o esportivo 86 (também conhecido como GT86), o carro a hidrogênio Mirai, o conceito FCV Plus e outros modelos indisponíveis no Brasil, como o compacto Yaris (de porte semelhante ao Etios) e o monovolume Innova, modelo que era oferecido inicialmente apenas nos países do Sudeste Asiático e chega ainda neste ano na Argentina.

Viagem a convite da Anfavea

blog comments powered by Disqus