Um Asphalt (quase) sem asfalto

Asphalt Xtreme é a versão off-road da famosa série de games de corrida; ele tem desafios de tirar o fôlego em cenários deslumbrantes e veículos variados e inusitados

465

Dos Alpes Suíços ao cenário do filme A Praia, na Tailândia, passando pelo Vale do Nilo e as pirâmides do Egito, o Asphalt Xtreme é um game cheio de desafios em pistas sem asfalto – contrariando o própio nome da franquia. Nessa variação do famoso game (Android e iOS), você pode guiar de tudo, de um caminhão Unimog a uma Kombi transformada em monster truck. São 35 veículos divididos em sete categorias (monster truck, muscle car, SUV, picape, rali, caminhão e buggy).

O game pode ser jogado no tradicional modo “carreira”, com cinco tipos diferentes de provas, de corridas normais (só a vitória interessa) a provas de eliminação (a cada zerada do cronômetro o último colocado sai). No total são mais de 400 missões, e como sempre, os prêmios podem ser aplicados em melhorias nos carros ou na aquisição de novos veículos. Ainda há “desafios diários”, com prêmios extras, e modo multiplayer online contra até oito jogadores (desbloqueá-lo exige 40 estrelas – um bom tempo de treinamento).

As corridas demoram para carregar, mas esse fato é compensado pela ótima jogabilidade. Os controles são configuráveis (inclinar para virar, botões na tela, etc… me entendi melhor com os comandos na tela). Evite terrenos piores para não perder velocidade e vá pegando cilindros de nitrogênio para ganhar velocidade. Cada fase têm tarefas próprias, como destruir obstáculos, dar piruetas e fazer drift. Os percursos são cheios de bifurcações, atalhos surpresas e rampas, fazendo com que seja um game de tirar o fôlego.

Além dos gráficos elaborados, a trilha sonora é excelente, mas por isso mesmo o game exige um bom aparelho com cerca de 1 GB de memória livre – e consome muita bateria. Além disso, é difícil progredir sem pagar pacotes por pontos extras (ofertas frequentes) e é preciso ver propagandas para ganhar alguns prêmios adicionais.

blog comments powered by Disqus