Motor diesel do BMW Série 5 vai parar no hatch Série 1

Pode soar bizarro, mas qual seria o resultado da mistura da carroceria hatch do BMW Série 1, o menor modelo da marca alemã, ao motor diesel de três turbos do sedã de luxo 550d? Pois a preparadora alemã AC Schnitzer resolveu tirar esta ideia do mundo da imaginação e colocar o projeto no papel, batizando a máquina de 150d.

No cofre do motor, o 150d ostenta um propulsor 3.0 diesel de seis cilindros e três turbos, que na configuração original desenvolve 381 cv de potência e 75,5 kgfm de torque entre 2.000 e 3.000 rpm, mas que foi preparado para despejar 400 cv e ainda mais impressionantes 81,6 kgfm de torque. Com este conjunto, a AC Schnitzer garante que o hatch acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos. Marca que é digna dos esportivos movidos a gasolina.

Junto do novo motor, o modelo ostenta um novo para-choque dianteiro, capas de retrovisores de fibra de carbono e um aerofólio traseiro. Rodas de liga leve de 20 polegadas, suspensão rebaixada e novos detalhes internos, como tapetes, manopla de câmbio e pedaleiras, completam o pacote.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar