350Z Roadster

Potência de 313 cv

0 a 100 km/h – 6s1

40.890 euros

Em um país dominado por BMW, Audi e Mercedes, nunca imaginei que um carro japonês pudesse ser tão cobiçado. Os olhares de admiração e elogios eram constantes enquanto avaliávamos o carro em um percurso de mais de 2.000 km na Baviera (sul da Alemanha) e nos Alpes. Tudo bem que o carro tenha um design belíssimo e, por isso, os elogios podem soar naturais. Mas o que ajudou também foi a pouca representatividade da Nissan no país. Em todo o percurso, vimos alguns Micra e um ou outro Murano, mas 350Z, só o que testamos.

Enquanto ele é vendido aqui só na versão cupê e com o antigo motor de 280 cv, o carro que pilotamos na Alemanha era um legítimo roadster, e já equipado com uma nova unidade motriz, mais potente, com 313 cv e 36,5 kgfm de torque.

Apesar da habitabilidade de um típico esportivo (note a posição dos mostradores centrais), o interior do 350Z não é, nem de longe, um ambiente claustrofóbico, mesmo com o teto de lona fechado. Além disso, o motorista e seu acompanhante disfrutam de muito conforto a bordo, com destaque para o moderno sistema de navegação e para o eficiente som da Bose

Se nas autobahns (veja box) ele não decepcionou nem um pouco, chegando ao seu limite de 250 km/h com facilidade, foi nas pequenas estradas, com limite de 130 km/h, mas cheias de curvas (principalmente na região dos Alpes) que ele se mostrou ainda mais divertido. Contornava todas as curvas sem reclamar, mesmo quando beirávamos a imprudência.

Com um motor desses e tração traseira, o controle de tração é fundamental e, lógico, de série. Quando desligado, exige bastante perícia do motorista, pois as rodas traseiras patinam com facilidade ao afundar o pé no acelerador. Melhor mesmo era mantê-lo ligado e acelerar sem medo. No caso de emergências, os freios Brembo são de uma eficiência inigualável.

O câmbio manual de seis marchas é muito bem escalonado, garantindo o máximo de esportividade. A sexta, mais longa, permitia andar em “velocidade de cruzeiro” com consumo contido: em alguns trechos o computador apontava médias de 14 km/l.

Com lugar apenas para motorista e passageiro, a cabine oferece diversos porta-objetos atrás dos bancos, e um porta-malas de 130 litros (suficiente para a bagagem de um casal para uma viagem de uma semana) com uma vantagem: ao contrário de outros roadsters com capacidade de carga semelhante, o 350Z não tem seu porta-malas reduzido quando a capota de lona é aberta (processo feito em 20 segundos).

Com os vidros dianteiros fechados e a capota aberta, dá para acelerar até os 160 km/h sem se incomodar com o vento. Acima disso, é mais confortável fechar o teto, e aí o ruído interno quase equivale ao de um carro comum, com capota rígida.

O sistema de navegação é opcional, assim como o incrível sistema de som Bose com disqueteira para seis CDs, subwoofer e uma qualidade de som excepcional. Fácil de usar, o navegador é um show à parte. No caso de um acidente na estrada ou obras, ele avisa qual o tamanho do congestionamento e sugere uma rota alternativa: anos-luz à frente dos sistemas nacionais. No fim das contas, fica a pergunta: quando a Nissan vai vendê-lo no Brasil?

Um passeio sem limite de velocidade

Autobahns são as famosas estradas alemãs sem limite de velocidade, sonho de quem gosta de acelerar com a vantagem de não desrespeitar as leis. Mas nem todas elas são o que se imagina. Em muitos trechos, têm apenas duas pistas, muito movimento e são lotadas de caminhões (ao lado). Isso obriga os motoristas a velocidades de 120 km/h. Alguns trechos são mais vazios e têm três ou quatro pistas onde se anda a uma constante de 200 a 250 km/h sem problemas. Impressiona o respeito às leis: a pista da esquerda é usada só para ultrapassagens, como deveria ser também aqui. Nas estradas menores, o limite de velocidade fica sempre na casa dos 120 a 130 km/h, mais que suficiente para se divertir nas estradinhas cheias de curvas, como na região dos Alpes (abaixo). É nelas que se aprecia melhor a paisagem a bordo de um conversível.

Nosso repórter viajou a 250 km/h nas autobahns com o