55 Carros que merecem ser vistos

0
173

A 28ª edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo reúne os carros mais desejados do Brasil. Só nesta reportagem, que continua nas próximas 40 páginas, MOTOR SHOW reuniu nada menos de 55 carros que valem a pena ser vistos. E alguns – como o Mercedes-Benz C 180, o Mitsubishi Outlander PHEV híbrido, o BMW M4, o Honda City e o Jeep Cherokee – nem ganharam destaque nesta edição, pois acabaram de ser mostrados na revista de setembro. A feira deste ano tem tudo para ser uma das mais importantes de todos os tempos. A nal, vários carros que acabaram de ser mostrados no Salão de Paris, em setembro, já estão expostos no Salão de São Paulo. São eles: Mercedes-AMG GT, Audi TT, Jeep Renegade, Lexus NX, Citroën DS3 reestilizado, Jaguar XE, Mercedes-Benz GLA e Volkswagen Jetta reestilizado. Isso demonstra a importância do salão brasileiro, o maior da América Latina, que é realizado desde 1960.

Além desses carros, vários outros serão vistos de perto pelo publico brasileiro pela primeira vez, como o Ford Mustang GT, o Chevrolet Corvette S tingray, o Honda NSX, o Fiat 500 Abarth, o Volkswagen Golf Variant e o Chevrolet Spin Active. Vários desses carros já foram avaliados pela MOTOR SHOW. Essa também é uma boa oportunidade para conhecer três furos de reportagem da revista que se confirmam nesse salão: Honda HR-V (capa de outubro/2012), Land Rover Discovery Sport (capa de junho/2014) e Volkswagen T-Roc (capa de agosto/2014). Alguns carros presentes no Salão de São Paulo são apenas conceitos, como o Ford EcoSport Storm e o Audi TT Offroad, mas pelo menos um dos conceitos merece ser visto com bastante atenção. Trata-se do Renaul Duster Pick-up, show car da montadora francesa, que antecipa vários elementos da futura caminhonete. Embora a Renault não confirme sua produção, apostamos que a picape será produzida na fábrica de São José dos Pinhais, Paraná, a partir do ultimo trimestre de 2015.

Agendado para os dias 30 de outubro e 9 de novembro, o Salão do Automóvel começou com poucos modelos, 1960, e sob a desconfiança de pessoas que não acreditavam que o público “pagaria para ver carros”. Mas paga. E com gosto. Em 1990, o Salão de São Paulo  nalmente se internacionalizou, mostrando modelos importados, entre eles a mítica Ferrari F-40. Para se ter uma ideia da importância do Salão deste ano, na edição de 2004, de janeiro a setembro, a indústria tinha vendido 1.828.899 veículos (896.780 automóveis e 154.753 comerciais leves). No mesmo período de 2014, a indústria automobilística chega ao Salão de São Paulo com 2.404.032 veículos vendidos (1.796.694 automóveis e 606.335 comerciais leves). 


Nas páginas a seguir, os carros estão agrupados por categorias. Cada carro recebe uma, duas ou três estrelas (leia abaixo). Preços com asterisco (*) são estimados. Em seguida, aparece a data de lançamento no Brasil.