A culpa é dos concorrentes

307 SEDAN FELINE 2.0 R$ 63.800

Lançado em agosto de 2006, o 307 Sedan até hoje não conseguiu conquistar o mercado: suas vendas não chegam a um terço das da versão hatch. Em todo o ano de 2008, foram emplacadas 4.301 unidades do sedã, contra 12.938 unidades do hatch.

Mesmo com o lançamento desta versão 2.0 flex, com novo design da tampa traseira, em julho do ano passado, e mesmo sendo oferecido também com motor 1.6 flex (com preço atraente), ainda toma uma “surra” dos rivais. Suas vendas no ano de 2008 não chegaram às do Civic (e às do Corolla) somente em dezembro. E é aí que chegamos ao seu maior obstáculo, seus concorrentes: além destes dois japoneses, ele ainda compete com o tradicional Vectra (e, agora, remodelado) e com o espaçoso C4 Pallas.

Esta versão top de linha, com câmbio automático sequencial, vem cheia de “mimos”: espelho antiofuscamento, ar-condicionado com duas zonas, retrovisores com rebatimento elétrico, teto-solar, bancos em couro.

Além disso, o porta-malas é bem grande (515 litros), o motor é silencioso, a suspensão é confortável, ele é leve e agradável de conduzir e o câmbio, apesar de ter apenas quatro marchas, tem trocas bastante suaves e confortáveis (com certa demora nas reduções – mas que podem ser “aceleradas” no modo sequencial).

Os resultados ruins nas vendas são, portanto, culpa dos concorrentes: quem procura um carro francês sofisticado e espaçoso compra o “primo” C4 Pallas (Peugeot e Citroën formam o grupo PSA e compartilham motor), um pouco maior. Já os outros consumidores acabam abrindo mão da sofisticação em nome da confiabilidade dos sedãs japoneses ou da ampla rede de revendas de Vectra e Fusion.

Internamente, o carro agrada. É espaçoso e tem instrumentos bem legíveis. Mas o design da traseira (abaixo) é um de seus maiores problemas, além dos rivais

 

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar



COMPARTILHAR
Notícia anteriorMelhor trimestre da história
Próxima notíciaA moda 2010