À espera da nova temporada

0
73

A espera pela temporada 2015 de Fórmula 1 termina só no dia 15 de março. Até lá, um bom passatempo para matar a saudade é o game F1 Challenge (o único oficial da categoria para smartphones e tablets). Apesar de ser uma versão atual, pilotos e carros são da temporada de 2012, e Felipe Massa, por exemplo, ainda está na Ferrari. Como a maioria de games de corrida, o objetivo e ir vencendo desafios como “disputa contra o cronômetro”, “persiga o ás” (Schumacher) e corridas com meta (chegar no mínimo em terceiro lugar, por exemplo). Conforme se conquistam vitórias, novos circuitos e desafios são liberados. Conectado ao Google ou ao Facebook, seus resultados são comparados aos de seus amigos e colocados em um ranking mundial.

Apesar dos gráficos caprichados, com bom detalhamento dos carros nas telas de seleção de corridas e apresentação, a jogabilidade não é boa: em vez da visão de primeira pessoa, o game usa a vista aérea. O problema é que você não acelera nem freia, apenas move o dedo direito para cima e para baixo, para fazer curvas e manter o carro na melhor trajetória possível – e o esquerdo para ativar o sistema Kers. Mesmo com essas limitações, a disputa entre os carros é realista e há, inclusive, a possibilidade de “pegar o vácuo” do piloto à frente para ajudar nas (difíceis) ultrapassagens. O game ocupa 160 MB e custa US$ 1,87 (Android) ou US$ 2,99 (iOS). Como de costume, há também a opção de compras no aplicativo – um jeito preguiçoso de liberar novas etapas e desafios.