Abrindo caminho


CG 150 TITAN MIX R$ 6.890

A Honda acaba de lançar a CG 150 Titan Mix, primeira moto bicombustível do mundo. Externamente, pouca coisa denuncia a versão. Apenas a inscrição “Mix” nas laterais e uma nova cor de fundo nos relógios do painel, que ganhou também duas novas luzes espias. Analisando a CG Mix, a primeira pergunta de todos será: cadê o reservatório de gasolina debaixo do banco? Não tem!

Com exceção do recém-lançado VW Polo E-Flex, todos os automóveis flex têm sistema de partida a frio, para que o motor possa ser ligado em dias muito frios. A CG Mix não tem o sistema. Por isso, em baixas temperaturas, o usuário deve seguir uma espécie de “ritual”.

As duas novas luzes indicadoras no painel de instrumentos são controladas por um sensor de oxigênio no escapamento que indica se o motor está queimando só gasolina (duas luzes apagadas), partes praticamente iguais de gasolina e álcool (lâmpada “Mix” acesa), mais álcool que gasolina (lâmpada “Alc” acesa) e apenas álcool (lâmpada “Alc” piscando).

Cada situação ativa um programa de injeção. Faz parte do ritual também controlar e manter sempre uma proporção de pelo menos 20% de gasolina no tanque, para que uma manhã fria não pegue o motociclista desprevenido. Nesse caso, o máximo que poderia ocorrer, seria a motocicleta ter certa dificuldade em começar a funcionar.

O bico injetor tem maior vazão, o filtro de combustível tem maior capacidade de retenção, o gerador foi adequado para suportar o maior esforço provocado pela partida a frio, o bocal do tanque passa a ter uma tela metálica antichama e todos os componentes que têm contato com o álcool ganharam tratamento contra corrosão.

De resto, tudo é igual a versão a gasolina (que continua a ser produzida), inclusive a dirigibilidade. Com 100% de gasolina, o motor de 149,2 cm3 tem 14,2 cv e torque máximo de 1,32 kgfm. Com 100% de álcool, a potência é praticamente a mesma, 14,3 cv, mas o torque passa a ser de 1,45 kgfm. O preço? A Titan Mix custará sempre R$ 300 a mais que a versão equivalente.

Duas luzes espias indicam qual a proporção de álcool e gasolina no tanque. Cabe ao motorista manter sempre 20% de gasolina, para garantir uma partida a frio eficiente

As novas cores do quadro de instrumento do painel é uma das únicas diferenças da Mix

Um sensor no escape informa à central qual o programa de injeção a ser utilizado

 

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorAs novas caras da F1
Próxima notíciaPajero Sport 2010