Agora eu fiquei doce!

0
113
Divulgação

Foi um festival de gritos, olhadas e comentários. Não. Eu não sou famoso tampouco faço parte de uma dupla sertaneja. Sou apenas um jornalista dirigindo um Chevrolet Camaro conversível e…amarelo! Está certo que o carro é bonito, dono de linhas musculosas e de um saudável motor V8 6.2 com 406 cv de potência. Mesmo assim, é impressionante o carisma do carro. Todos olham para o tal Camaro amarelo: crianças, adultos, idosos e especialmente as mulheres.

Me diverti dirigindo o Chevrolet pelas ruas de São Paulo. Ainda mais com o dia ensolarado. Por isso, decidi recolher a capota de lona. Essa operação deve ser feita com o carro parado e o sistema leva 20 segundos para deixar os quatro passageiros com os cabelos ao vento. A partir daí, o frisson foi ainda maior. Bem maior, diga-se de passagem. Se antes eram disparadas somente “olhadinhas”, recebi algumas cantadas no trânsito. Para uma afoita motorista de um Fiat Uno Way vermelho, só respondi: “sou casado”.


Acredito que essa popularidade do Camaro aqui no Brasil aconteça por causa da música da dupla Munhoz e Mariano. Claro que o personagem BumbleBee do filme Transformers também colaborou. Só pode ser! Pelo sim ou pelo não, foi divertido ser proprietário de um Chevy Camaro amarelo por um dia!