Lifan X60 faz ajuste fino para atender ao gosto do freguês

0
19445

 

Quem procura crossovers/SUVs de R$ 70.000 têm à disposição uma grande variedade de modelos em nosso mercado. Já quem não pode gastar tanto há tempos pode deixar de se contentar com versões aventureiras de hatches/monovolumes ou opções peladas de Ford EcoSport e Renault Duster. Nesse nicho prosperaram modelos como o Chery Tiggo e esse Lifan X60 – não por acaso, o chinês mais vendido em 2014 (4.586 unidades). Partem de R$ 59.990, como o Duster, mas têm melhor custo-benefício.


Desenvolvidos para a China, porém, ambos chegaram com falhas que suscitaram merecidas críticas. Normal. O importante, nesses casos, é ouvir o cliente e solucionar as falhas. Foi o que a Lifan fez com a linha 2016 do X60, que chegou com novidades visuais e mecânicas. No design, a grade agora tem frisos verticais (eram horizontais), as rodas cresceram (17” na versão Talent e 18 na VIP, de R$ 63.990, que ainda tem teto-solar), os para-lamas ganharam molduras e as lanternas têm novo desenho.

O objetivo foi deixar o visual mais aventureiro. Já no interior, muito espaçoso (principalmente atrás), os bancos ganharam abas generosas e o couro agora é escuro. Já na mecânica, a nova transmissão manual tem primeira mais curta, melhorando saídas, e não há mais “buraco” entre as marchas. Como o motor 1.8 é elástico, no uso urbano não é preciso usar muito o pé esquerdo: dá para trabalhar em rotação baixa. Na estrada, porém, quarta e quinta ficam muito próximas, e a 120 km/h, o conta-giros marca 3.500 rpm (e o ruído segue alto).

Outras melhoras ocorreram na tampa do porta-malas (antes pesada, agora abre com facilidade) e no fechamento das portas (não precisam mais ser batidas com força). Já a lista de equipamentos não mudou, e segue generosa, com central multimídia com GPS e câmera de ré, farois automáticos, isofix e mais (falta só computador de bordo e cinto traseiro central de três pontos). O rival mais direto, como vimos, é o Chery Tiggo. Embora tenha menos espaço, seu 2.0 é mais potente (136 cv) e há opção de transmissão automática (R$ 64.590). Entre os dois chineses, a decisão acaba sendo feita pelos detalhes e o gosto pessoal.

Ficha técnica:

Lifan X60 Talent 1.8 VVT

Preço básico: R$ 59.990
Motor: 4 cilindros em linha, 16V, DOHC, comando de admissão variável
Cilindrada: 1794 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 128 cv a 6.000 rpm
Torque: 16,8 kgfm a 4.200 rpm
Câmbio: manual, cinco marchas
Tração: dianteira
Direção: hidráulica
Dimensões: 4,325 m (c), 1,790 m (l), 1,690 m (a)
Entre-eixos: 2,600 m
Pneus: 215/65 R17 (VIP: 215/65 R18)
Porta-malas: 405 litros
Tanque: 55 litros
Peso: 1.330 kg
0-100 km/h: 10s7
Velocidade máxima: 170 km/h
Consumo: não divulgado
Emissão de CO2: sem dados
Nota do Inmetro: não participa

—–
Resumo:

Espaço traseiro
Custo-Benefício
Nível de ruído
5a marcha curta

Concorrentes:
Chery TiggoR$ 59.990
Renault Duster Exp.R$ 59.990

AVALIAÇÃO
Motor
Câmbio
Performance
Consumo
Segurança
Equipamentos
Multimídia
Conforto
Porta-malas
Prazer ao dirigir
SHARE
Artigo anteriorBMW X3 também excede limite de emissões, aponta revista
Próximo artigoO ronco da bateria