Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio é sexy e potente

0
891

 

O Alfa Romeo Giulia foi revelado no final do primeiro semestre deste ano e chegará ao mercado europeu em fevereiro de 2016. O modelo é sem dúvidas uma das grandes estrelas da edição do Salão de Frankfurt deste ano. Construído sobre a nova plataforma Giorgio, o sedã enfrentará a concorrência dos rivais alemães Audi A4, Mercedes-Benz Classe C e BMW Série 3. De acordo com o fabricante, o Giulia será o primeiro carro de volume do fabricante depois do Giulietta – lançado em 2010. Na versão esportiva Quadrifoglio Verde, o Giulia é equipado com propulsor V6 biturbo inteiramente construído de alumínio (derivado da Ferrari) com 510 cv de potência (80 cv a mais em relação ao BMW M3) e 61 kgfm de torque. O Alfa Romeo acelera de 0-100 km/h em 3,9 segundos — bem diferente do primeiro Giulia, quando apareceu em 1955 trazendo propulsores com potência entre 53 e 65 cv de potência.


Para chegar ao peso de 1.500 kg foi extenso o uso de fibra de carbono, que aparece no teto, no cofre do motor e na estrutura dos bancos. As portas e os para-lamas são feitos de alumínio, além da alma do para-choque traseiro ser construída de um mix de material plástico e alumínio. A relação peso potência do Alfa Romeo é de 2,94 kg/cv.

As suspensões adotaram uma construção inédita, com barra anti-torção superior de alumínio e no suporte dos tubos de escape. O conjunto dianteiro é de duplo braço oscilante e a traseira usa sistema multilink de quatro braços (batizado pelo fabricante de Alfa Link). O diferencial traseiro está acoplado ao sistema torque vectoring (com dupla embreagem, para distribuir melhor o torque entre as rodas) e o servofreio está integrado a um módulo único com ABS e ESP, para atuar de forma mais eficiente. E os discos de freio podem ser de carbono-cerâmica. Assim como em outros modelos, como os Fiat Punto e Bravo da família T-Jet, o Giulia Quadrifoglio Verde também trará o seletor DNA, com quatro modos, entre eles, Dynamic, e Normal. É como os italianos dizem: “La Macchina delle Emozioni”.

Outras Giulia
A Alfa Romeo também aproveitou para divulgar os detalhes técnicos do restante da gama. Entre as versões, haverá uma configuração a diesel, com motor 2.2 feito de alumínio, que deverá desembarcar no mercado europeu a partir da primavera do próximo ano.

Para o Brasil, ainda não certa a chegada da Alfa Romeo.