Americano ganha Corvette 0km após flagra de mecânico em racha

Concessionária da Califórnia entregou unidade 0km a cliente que teve Corvette usado por mecânico em racha durante revisão

0
625
Chevrolet Corvette 2020
Chevrolet Corvette 2020

O proprietário de um Chevrolet Corvette nos Estados Unidos teve uma surpresa nada agradável ao descobrir que seu carro foi usado num racha a quase 240 km/h sem o seu consentimento. O caso foi mais um de uso inadvertido por funcionários de uma concessionária. Por sorte não teve consequências mais graves, mas um desfecho bem curioso.

A história foi publicada no Reedit, dando conta de que o proprietário, identificado apenas como Michael, levou seu Corvette a uma concessionária em Freemont, na Califórnia.  A unidade estava apresentando um ruído no compartimento do motor.


O carro foi devolvido com o problema corrigido e Michael só descobriu o que haviam feito com seu carro nas 24 horas em que o modelo ficou na oficina ao verificar o registro de performance do veículo.

+ Toyota Supra de “Velozes e Furiosos” vai a leilão nos EUA
+ Leilão de carros: 6 dicas para economizar e evitar roubadas
+ Chevrolet Corvette: ao volante do novo C8 (uma Ferrari americana?)
+ Chevrolet Corvette roubado é encontrado após 38 anos

O sistema registrou os dados da “voltinha”, onde o Corvette chegou a 238 km/h. Para completar, o mecânico postou na internet um vídeo da ação, que viralizou nas redes sociais e chegou a Michael. Ao contactar a concessionária, a gerência pediu desculpas e ofecereu uma compensação para o proprietário.

A concessionária resolveu entregar nada menos que outro Corvette 0km como pedido de desculpas. Como Michael não havia conseguido uma unidade na configuração pedida inicialmente, o novo carro viria nas especificações inicialmente desejadas. E Michael poderá manter o primeiro Corvette, ficando com duas unidades na garagem.