Após aumento, defasagem do diesel cai para 10%; gasolina fica em 17%

O preço médio de venda de diesel da Petrobras para as distribuidoras passou de R$ 4,51 para R$ 4,91 por litro

0
18
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Após o reajuste de 8,86% no diesel, aplicado pela Petrobras nesta terça-feira (10), a defasagem do combustível chegou a 10% em relação ao mercado internacional – Preço de Paridade de Importação (PPI) -, segundo divulgado pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom).

A defasagem do óleo diesel estava em 17% na última segunda-feira (9).


O preço médio de venda de diesel da Petrobras para as distribuidoras passou de R$ 4,51 para R$ 4,91 por litro.

+ Petrobras aumenta o preço do diesel, mas mantém gasolina e GLP
+ Gasolina: Petrobras espera ‘estabilização’ da defasagem para reajuste
+ Preço da gasolina chega a quase R$ 9; confira onde está mais caro

A Petrobras explicou que o balanço global de diesel está impactado por uma redução da oferta frente à demanda. “Os estoques globais estão reduzidos e abaixo das mínimas sazonais dos últimos cinco anos nas principais regiões supridoras”.

A estatal, no entanto, manteve os preços da gasolina e GLP.

De acordo com a Abicom, a defasagem no preço da gasolina está em 17%.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Comparativo de Carros Elétricos: Peugeot e-208 GT vs. Mini Cooper SE vs. Fiat 500e vs. Renault Zoe
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ CNH: maio é o último mês para grupo renovar habilitação vencida; veja
+ Contran vai beneficiar motoristas que não cometerem infração por 1 ano
+ Teste rápido: ao volante do Macan 2023, o Porsche mais barato no Brasil
+ Teste Rápido: Renault Kwid elétrico, o mais barato do Brasil, é ágil e não precisa de carregador especial
+ Preço da gasolina chega a quase R$ 9; confira onde está mais caro
+ Avaliação: domando os 1.904 cv do Pininfarina Battista, carro elétrico com 0-100 em menos de 2 segundos
+ Preços dos sedãs seminovos aumentam até 21% em 2022; veja o ranking
+ IPVA SP 2022: 4ª parcela vence em maio; confira as datas
+ Nova CNH passa a valer em junho; tire suas dúvidas