Aposentado no Brasil, Ford Fiesta vira híbrido e faz 24,5 km/l na Europa

A nova geração do Ford Fiesta ganhou a tecnologia híbrida no mercado europeu. O compacto premium pode entregar um consumo de até 24,5 km/l

A Ford aplicou a tecnologia híbrida ao Fiesta EcoBoost Hybrid, na Europa. O compacto premium recebeu o mesmo conjunto do SUV Puma (leia nossa avaliação completa), com sistema elétrico de 48V.

Duas opções de motorizações estão disponíveis. A unidade a gasolina de três cilindros com turbo e injeção direta está associada à caixa manual de seis marchas para entregar 125 cv de potência e 21,4 kgfm de torque. A configuração de 155 cv e 24,5 kgfm tem câmbio de dupla embreagem e sete marchas.

A pequena unidade elétrica fica responsável pela partida e o movimento inicial. Ela é alimentada por uma pequena bateria de íons de lítio. Desta forma, adiciona um torque extra de 2 kgfm e ainda diminui o turbolag (aquele atraso antes de o turbo encher).

O sistema MHEV permite uma economia de cerca de 15% e a opção de 125 cv possibilita um consumo de 24,5 km/l – de 23,6 km/l, na variante mais potente.

O propulsor elétrico também permite a regeneração nas frenagens. A energia é utilizada no auxilio ao motor a gasolina ou no sistema elétrico do veículo.

Novidades também em segurança
Junto da novidade mecânica, o Ford Fiesta também recebeu o controle de cruzeiro com frenagem de emergência, alertas de pontos cegos, de tráfego cruzado e de saída involuntária de faixa, além do reconhecimento de sinais de trânsito. Esse recurso ajusta a velocidade de acordo com o limite da vida e ainda atua no anda-e-para dos congestionamentos.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar