As famílias de carros de maior sucesso no Brasil

1
3464
Família Palio reunida numa foto de apresentação da linha 2013: unidos, esses carros já venderam 205.736 unidades

Durante minhas férias vi que houve bastante destaque para o fato de o Chevrolet Onix ter ficado em primeiro lugar nas vendas de agosto. Com 10.998 emplacamentos, o hatch da GM superou em 1.739 unidades o Fiat Palio, que registrou 9.259. O pequeno alvoroço é consequência do apreço que a mídia pós-moderna tem pelo imediatismo, pois trata-se de uma fórmula de fácil consumo para leitores, ouvintes e telespectadores. Uma análise rápida também enfatizaria a queda para apenas 5.813 unidades na diferença entre o Palio (83.326) e o Onix (77.513) no acumulado janeiro/agosto. Estaria o carro da Fiat ameaçado de perder o posto de mais vendido do Brasil para o modelo da Chevrolet? Talvez. Mas nem tudo na indústria automobilística é o que parece.

Pelos números oficiais de emplacamentos, o ranking dos carros mais vendidos no Brasil tem a seguinte ordem este ano: 1º Fiat Palio (83.326), 2º Chevrolet Onix (77.513), 3º Fiat Strada (72.339), 4º Hyundai HB20 (69.979), 5º Ford Ka (62.078), 6º Volkswagen Gol (57.986), 7º Fiat Uno (56.857), 8º Volkswagen Fox (56.825), 9º Renault Sandero (51.912), 10º Chevrolet Prisma (45.119).

Mas não é bem assim. Na verdade, falando especificamente dos modelos citados, podemos garantir que a distância da Fiat para seu principal concorrente é de incríveis 75.573 carros – e que no segundo lugar não está a Chevrolet, mas sim a Volkswagen. Mais do que isso: o Gol — o mesmo que perdeu 27 anos de liderança e caiu para sexto lugar no ranking — ainda é responsável por manter a Volks à frente da GM quando tratamos de sua disputa particular com o Onix.


Como isso é possível? Analisando as famílias completas de cada modelo. Embora isso não seja muito difundido no Brasil, na Europa e nos Estados Unidos as montadoras costumam analisar as estatísticas somando as vendas das versões hatch e sedãs, às vezes também das peruas. Tanto que não é comum carros da mesma família terem nomes diferentes, uma estratégia bastante usada no Brasil por questões de marketing. Só agora, passados muitos anos de globalização da economia, os fabricantes começam a usar nomes comuns (mas a Fiat, a Volkswagen e a General Motors ainda são bastante fieis à tática de usar nomes diferentes para o mesmo carro). Na análise que fiz, considerei também as picapinhas e os furgões. Assim, na conta da família Palio entraram o hatch Palio (83.326), o sedã Siena (42.161), a perua Weekend (7.913) e a picape Strada (72.336). E nos números da família Gol entraram o hatch Gol (57.986), o sedã Voyage (29.763) e a picape Saveiro (42.414). Em outros tempos, teríamos ainda que somar as vendas da saudosa perua Parati e do Gol furgão. Já os robustos (mas insuficientes para o segundo lugar) 122.632 licenciamentos da família Onix são compostos pelos 77.513 do hatch e pelos 45.119 do Prisma (nome do sedã). Portanto, a real diferença do Palio para o Onix, em termos de presença no mercado, é de 83.104 carros, ou 14 vezes maior do que os números superficiais revelam.

Aqui no Brasil, na maioria dos casos os modelos têm apenas as versões hatch e sedã. Mesmo assim, somando apenas Gol e Voyage (87.749), a Volkswagen ainda estaria à frente da Ford na soma do Ka e do Ka+ (86.617). Portanto, quando falamos do sucesso de vendas do novo Ka, não podemos considerar apenas os 62.078 emplacamentos da versão hatch, mas também os 24.539 da versão sedã. Em muitos casos, a posição do carro-chefe no ranking geral é também a posição da família nesse ranking especial, casos do Hyundai HB20 (mais sedã), do Fiat Uno (mais Uno Furgão e Fiorino) e do Fox (mais CrossFox, SpaceFox e Space Cross). Mas em outros casos, o salto é grande. O Renault Logan saiu do 28º para o sexto lugar somando o Sandero, o Toyota Etios saltou do 21º para o 10º lugar acrescentando o Sedan e o Ford Fiesta passou do 16º para o 12º lugar com as vendas do New Fiesta Sedan. Veja a seguir como seria a lista dos 30 carros mais vendidos até agosto, considerando suas respectivas famílias.

1 Fiat Palio/Siena/Weekend/Strada 205.736
2 VW Gol/Voyage/Saveiro 130.163
3 Chevrolet Onix/Prisma 122.632
4 Hyundai HB20/HB20S 106.043
5 Ford Ka/Ka+ 86.617
6 Renault Logan/Sandero 74.243
7 Fiat Uno/Fiorino/Uno Furgão 67.725
8 VW Fox/SpaceFox 61.921
9 Toyota Corolla 43.817
10 Toyota Ethios Hatch/Ethios Sedan 41.231
11 VW Up 37.118
12 Ford Fiesta Hatch/Fiesta Sedan 35.853
13 Chevrolet Cobalt/Spin 34.424
14 Honda Fit 29.343
15 Toyota Hilux/SW4 28.875
16 Honda HR-V 27.437
17 Chevrolet S10/Trailblazer 24.259
18 Ford EcoSport 23.702
19 Honda Civic 23.258
20 Renault Duster/Oroch 22.974
21 Chevrolet Classic 22.647
22 Chevrolet Montana 18.129
23 Honda City 17.811
24 Chevrolet Celta 17.642
25 Ford Focus Hatch/Focus Fastback 16.151
26 Nissan March 16.026
27 Jeep Renegade 14.837
28 Chevrolet Cruze/Cruze Sport6 14.401
29 VW Golf/Jetta/Golf Variant 13.441
30 Ford Ranger 12.707

1 COMMENT

  1. Seguindo esta lógica não seria acertado juntar City e Fit, já que C3/Aircross/C3 Picasso estão agrupados, assim como March/Versa?

Comments are closed.