Assumimos a vice-liderança

O grupo coeso e unido que faz a revista MOTOR SHOW está festejando a vice-liderança do mercado brasileiro de publicações especializadas. Hoje, a MOTOR SHOW é a segunda maior revista do ramo em circulação paga – ou seja, é a segunda publicação que as pessoas pagam para ter. A primeira é uma revista com mais de 50 anos no mercado, contra a jovialidade dos 17 anos de nossa. Talvez aí esteja um dos nossos segredos em agradar ao leitor: estarmos sempre criando conteúdos de real relevância, em vez de seguir velhas fórmulas e receitas. Nesta edição, por exemplo, nossa reportagem de capa compara os grandões e pesadões SUVs com os ágeis e aerodinâmicos sedãs modernos, considerando custos de manutenção, seguro, consumo de combustível e segurança. Só uma revista contemporânea e moderna ousaria nessa comparação, cujo único objetivo é o de atender às necessidades de informação dos leitores, esse sim é nosso foco quando discutimos as pautas de cada uma das edições.

Segundo o último relatório publicado pelo IVC, Instituto Verificador de Circulação, nossa publicação obteve a marca histórica de mais de 108.500 exemplares de circulação paga já em janeiro deste ano. E, observando nossa curva de crescimento, a tendência é a de nos distanciarmos cada vez mais do terceiro colocado. Só para que se tenha uma ideia da consistência do crescimento de nossa publicação, em janeiro de 2010 tínhamos uma circulação paga total de 70.064 exemplares; um ano depois, no primeiro mês de 2011, já batíamos na casa dos 94.272; agora, abrimos 2012 com essa marca fantástica, que beira os 110.000 exemplares.

Esse excelente resultado é fruto de um trabalho sério e extremamente competente, feito por um grupo que não brinca em serviço, procurando dar ao leitor todas as informações que faltam nas outras publicações e poupando-o de histórias que não acrescentam nada ao texto. Trabalhamos só com informações objetivas, precisas e corretas. E MOTOR SHOW continuará evoluindo, sempre objetivando atender aos anseios do leitor. Por isso – e para isso -, que estamos aqui. Para informar, auxiliar e surpreender nossos leitores.

68 SUV vale a pena?

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar



COMPARTILHAR
Notícia anteriorConforto acessível
Próxima notíciaAgora no rumo certo