Aston Martin cria motor elétrico para carros antigos

Pensado para os modelos clássicos da marca, kit permite o uso do propulsor elétrico sem alterar o projeto original

2203
Aston Martin DB6 elétrico (Divulgação)

Pensando nos planos de várias cidades europeias de impedir a circulação de carros a combustão nos próximos anos, a britânica Aston Martin trabalha atualmente em um conjunto motriz elétrico projetado para os modelos clássicos da marca.

Ainda em fase de testes, o primeiro conjunto foi montado em um DB6 MKII Volante de 1970, variação conversível do sucessor do DB5, celebrizado no cinema nos filmes do agente secreto James Bond. De acordo com a marca britânica, o propulsor elétrico não exige modificações no veículo, permitindo rapidamente a reversão para o motor e câmbio originais.

Quando saiu da fábrica, o conversível estava equipado com um motor 4.0 de seis cilindros e 286 cv, combinado a um câmbio manual de cinco marchas. A expectativa da Aston Martin é de que as primeiras conversões sejam realizadas a partir do próximo ano. Além da Aston, a Jaguar já anunciou que irá oferecer um kit elétrico para o E-Type (leia aqui).