Aston Martin Valkyrie AMR Pro produz 1.100 cv sem sistema híbrido

O Aston Martin Valkyrie AMR Pro é uma variante radical do modelo de rua, com motor V12 6.5 naturalmente aspirado de 1.100 cv de potência

0
483
ASTON MARTIN VALKYRIE AMR PRO
Foto: Divulgação

O Aston Martin Valkyrie AMR Pro é uma variante extrema não homologada para o uso nas ruas/estradas. O projeto é fruto de uma colaboração da Red Bull Advanced Technologies com o projetista Adrian Newey e o parceiro de engenharia Multimatic.

+ Avaliação: Aston Martin DBX, o primeiro SUV da marca (até tu, Bond?)
+ Aston Martin Vantage F1 Edition é um safety car para as ruas
+ Raro Aston Martin Bertone Rapide Jet 2+2 está à venda
+ Uísque no pistão: Black Bowmore de R$ 350.000 homenageia Aston Martin de James Bond


Comparado ao modelo “civil”, o Aston Martin Valkyrie AMR Pro emprega uma versão exclusiva do chassis do Valkyrie e oferecendo 38 cm a mais na distância entre-eixos, além de ser 9,6 cm mais largo na dianteira e 11,5 cm na traseira. O bólido também utiliza um pacote aerodinâmico exclusivo, com adicionais 26,6 cm no comprimento e novos apêndices aerodinâmicos. Frente ao Valkyrie de rua, o Valkyrie AMR Pro alcança uma aceleração lateral de mais de 3G, quando equipado com pneus Slick

Tanto a carroceria quanto os braços das suspensões foram construídos de fibra de carbono ao passo que o para-brisas/vidros laterais são de Perspex.

O motor é um V12 6.5 naturalmente aspirado, desenvolvido pela Cosworth, que abriu mão da tecnologia híbrida em prol da redução no peso. Mesmo assim, os números de desempenho revelam radicais 1.100 cv de potência. Durante as simulações, o Aston Martin Valkyrie AMR Pro cravou uma volta de 3 minutos e 20 segundos em Le Mans – tempo comparável ao dos atuais carros da categoria LMP1.

O Aston Martin Valkyrie AMR Pro terá uma produção limitada de apenas 40 unidades e as primeiras entregas estão marcadas para o final deste ano.

Mais na Motor Show

+ Confira o valor do seguro dos 10 SUVs mais vendidos em 2021
+ JAC iEV750V é van elétrica com preço de R$ 386.990
+ Intenção de compra de motos pela internet cresce 36% em 2021
+ Veja quanto custariam hoje os 5 carros mais vendidos em 2011
+ Aeroporto de Bolonha utiliza um Lamborghini Huracán EVO para guiar os aviões
+ Fiat Toro ultrapassa 300.000 unidades vendidas no Brasil