Até o último grama


O carro do futuro sera muito mais leve, para consumir menos e ter um comportamento dinâmico melhor. Isso exige novos materiais e soluções construtivas. Novas plataformas permitirão diminuir os carros sem diminuir o espaço dentro deles. E novos materiais reduzirão seu peso. Fibras de carbon fazem um carro pesar 30% menos que outro de alumínio – e 50% a 60% menos que um de aço – e por isso já começam a ser usadas em carros mais esportivos. Reduzir o peso é ainda mais necessário nos híbridos e elétricos, que têm mecânica mais pesada e baterias que também acrescentam muito peso. Por essa razão, a BMW escolheu o carbono para seus novos i3 e i8. Dentro de 15 anos, teremos muitos carrosde carbono, competindo com o alumínio como principal material inovador. O maior desa_ o para o uso dessa _ bra está no processode fabricação, que ainda tem custo alto. As fabricantes de carro buscam inspiração na indústria aeronáutica. Com a evolução da tecnologia de produção, o custo cairá e veremos carros levíssimos circulando nas ruas.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorAposentando o motorista
Próxima notíciaCarro sem dono