Audi “por assinatura” estreia com preços a partir de R$ 10 mil mensais

O fabricante iniciou o programa Audi Luxury Signature, que permite alugar por 24 meses os modelos A6 Sedan, A7 Sportback, Q8 e o 100% elétrico e-tron SUV

Audi Q8
Audi Q8 (Foto: Divulgação)

A Audi do Brasil iniciou neste mês o programa de carro por assinatura Audi Luxury Signature (nota: signature, em inglês, não tem nada a ver com uma assinatura, no sentido de pagamento mensal, como se assina uma revista; a palavra para isso seria subscription). Nesta primeira fase, o serviço é oferecido na cidade de São Paulo e região metropolitana. Ao todo, estão disponíveis dois A6 Sedan, dois A7 Sportback, oito SUV-Cupê Q8 e oito unidades do 100% elétrico e-tron SUV. Os preços da mensalidade partem da faixa de R$ 10 mil.

De acordo com o fabricante de Ingolstadt, o contrato do Audi por assinatura tem duração mínima de 24 meses e os clientes podem rodar até 2.000 km/mês. No valor estão incluídas as taxas com seguro, IPVA, licenciamento, assistência 24 horas e manutenção preventiva. Opcionalmente, é possível adicionar a blindagem. E no caso do e-tron SUV, o carregador de 7,4 kW ou de 11 kW.

+ O futuro dos carros elétricos pode estar no fundo do mar?
+ Picape “turbão” manda motor pelos ares; confira o vídeo
+ SP oferece crédito para motoboy comprar moto nova
+ Exemplar único, Ferrari Omologata é modificação oficial da 812 Superfast para cliente europeu

Ao término do contrato, o cliente tem a possibilidade de comprar o modelo ou devolver na concessionária onde fechou o plano de assinatura.

Confira os preços por assinatura/mês:

A6 Sedã: R$ 9.590
e-tron Performance: R$ 9.990
e-tron Performance Black: R$ 10.590
A7 Sportback:
R$ 10.990
Q8 Performance: R$ 12.590
Q8 Performance Black: R$ 13.290

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar