Audi revela o Q2: do tamanho do Renegade, ele pode ser fabricado no Brasil. Confira fotos

A Audi apresentou hoje (1/3) no Salão de Genebra a versão de produção do Q2, seu novo crossover compacto. Posicionado abaixo do Q3, o modelo tem 4,19 m de comprimento (apenas 4 cm a menos que o Jeep Renegade). O modelo chega ainda este ano ao mercado europeu, e tem grandes chances de ser importado para o Brasil já no ano que vem. Futuramente, ele pode também ser produzido aqui, pois usa a plataforma MQB, a mesma que já é adotada pelo A3 Sedan produzido em São José dos Pinhais (PR). Executivos da marca reivindicam junto a matriz alemã sua fabricação nacional, mas a atual crise econômica tem segurado os planos. Se ela ocorrer, deve ser apenas em 2017 ou 2018.

Para nosso leitor, nada disso, além das imagens oficiais, se trata exatamente de uma novidade. Em junho do ano passado, MOTOR SHOW já trazia em sua reportagem exclusiva de capa, em primeira mão, projeções por computador do modelo e informações de bastidores. Na época o nome Q2 ainda pertencia à Alfa Romeo, e o crosssover teria que se chamar Q1. Há poucos meses, porém, a marca alemã conseguiu comprar o nome da fabricante italiana, e então ele acabou sendo lançado como Q2 mesmo.

Na Europa, além de versões a diesel, o modelo terá três opções de motores a gasolina. Elas vão do 3 cilindros 1.0 TSI similar ao do VW up! (mas com 116 cv), a um novo 2.0 turbo de 192 cv, passando pelo conhecido 1.4 também turbinado de 140 cv. A transmissão será manual de seis marchas, ou a tradicional S tronic de dupla embreagem e sete velocidades (ou, ainda, no caso do 2.0, uma nova caixa automatizada de dupla embreagem). As versões mais acessíveis terão tração dianteira, enquanto as topo de linha terão a integral quattro. Se de fato for nacionalizado, aqui deve adotar aqui a mecânica do A3 Sedan, como motor 1.4 flex de 150 cv, transmissão automática convencional de seis marchas e suspensão traseira mais simples, com eixo de torção. O preço partiria da faixa de R$ 100.000.

O crossover aposta também em alta tecnologia, com o pacote completo de soluções semi-autônomas, com itens sofisticados como piloto automático adaptativo (ACC) com assistente em congestionamentos e alerta de mudança de faixa, entre outros (que serão opcionais, como sempre).

blog comments powered by Disqus