Avaliação: agora com quatro portas, Audi RS5 leva a família aos 100 km/h em menos de quatro segundos

O Audi RS5 Sportback foi atualizado visualmente, no pacote de equipamentos e ainda debutou duas portas extras para cooperar na versatilidade

0
898
Audi RS5 Sportback
Foto: Roberto Assunção

O Audi RS5 ganhou duas portas extras e o sobrenome Sportback. E não foi apenas isso — ele também sofreu importantes alterações no visual e na lista de equipamentos. Trata-se de um esportivo puro sangue capaz de aliar altas doses de emoção ao volante com versatilidade no uso cotidiano, e também na hora de levar a família.

+ Bugatti lança mesa de sinuca com preço de Porsche 911 no Brasil
+ Táxis autônomos e sem motorista começam a operar na China
+ Segredos: “Baby Renegade”, o novo SUV da Jeep, e mais novidades sobre o futuro da Stellantis
+ Veja quais foram os 10 SUVs mais vendidos em abril


O exterior na tonalidade roxo Merlin evidencia as mudanças estéticas. Uma delas, na grade frontal Singleframe mais larga trazendo aberturas na parte superior – uma referência ao icônico Audi Sport quattro de 1984.

Outros destaques aparecem nos faróis Audi Laser Light, que garantem uma extrema iluminação em trechos pouco iluminados, enquanto os arcos das rodas alargados em 15 mm conferem uma aparência “bombada”.

Audi RS5 Sportback
Foto: Roberto Assunção

A porção de trás rouba a cena pelo difusor de ar e pela dupla saída de escape. O vidro acompanha a abertura da tampa do porta-malas motorizada. Aliás, para abri-la/fechá-la basta passar o pé sob o para-choque e o compartimento de bagagens revela 430 litros. No Audi RS5 Coupé, que deixou de ser oferecido em nosso mercado era de 410, para comparar.

A inclusão das duas portas espichou o comprimento para 4,783 m (o Audi RS5 Coupé oferecia 4,723 m) ao passo que o entre-eixos permaneceu inalterado, com 2,826 m.

Obviamente, o acesso ao banco de trás ficou mais cômodo frente o Audi RS5 de duas portas. Este último, à venda nos mercados da Europa e dos Estados Unidos.

O estilo de coupé de quatro portas ainda mostra 1,387 m de altura e uma vez dentro não há uma sensação de claustrofobia por conta do teto baixo.

A posição de dirigir é excelente, com o volante de base achatada e os bancos revestidos em Alcantara. Além disso, os acabamentos mesclam detalhes em preto brilhante/aço escovado, os comandos estão muito bem posicionados à mão e o ar-condicionado é de três zonas.

À frente dos olhos do motorista está o quadro de instrumentos totalmente digital Audi Virtual Cockpit de 12,3” e ao pressionar o botão RS Mode no volante são ainda exibidos os gráficos de força G e da quantidade de potência/torque utilizados. Já o Head-Up Display (HUD) projeta no para-brisas informações úteis, como a velocidade.

Uma novidade está no Audi Phone Box Light incluindo o carregador de smartphone por indução, enquanto o multimídia de 10,1” possui conectividade Android Auto/Apple CarPlay e o áudio da Bang&Olufsen assegura extrema qualidade sonora.

V6 biturbo de 450 cv

Sob o capô, se esconde o motorzão V6 2.9 sobrealimentado com dois turbocompressores montados na parte de cima. Ele foi construído a partir do V6 2.7 do primeiro RS4 Avant de 1994 entregando à época 380 cv de potência.

No entanto, muitos aperfeiçoamentos foram realizados ao longo dos anos. De acordo com o fabricante de Ingolstadt, o propulsor do Audi RS5 Sportback pesa 182 kg.

Audi RS5 Sportback
Foto: Roberto Assunção

O “coração” vai conectado ao câmbio automático de oito marchas para descarregar uma potência de 450 cv de 5.700 a 6.700 rpm e uma mesa de torque plano de 61,18 kgfm entre 1.900 e 5.000 rpm. 

Ou seja, um conjunto que possibilita sair da imobilidade aos 100 km/h em breves 3,9 segundos. Um legítimo membro do clube dos quatro segundos, com relação peso-potência de 3,9 kg/cv e peso-torque de 28,5 kg/kgfm.

A transferência para o solo é mérito da tração integral quattro capaz de enviar 60% da força para o eixo traseiro e 40% para o dianteiro. Em situações de condução acalorada, o sistema reparte 85% atrás ou 70% à frente.

Audi RS5 Sportback
Foto: Roberto Assunção

As rodas de 20” vestem pneus Pirelli PZero de medidas 275/30 e o desenho das “redondas” deixam aparentes os discos de cerâmica dianteiros junto das pinças pintadas de vermelho.

Ao cutucar o pedal do acelerador somos catapultados igual a uma flecha e o Audi RS5 Sportback dispara com muito apetite. E tudo isso acompanhado de um magnifico ronco encorpado. Apesar disso, é um carro dócil de dirigir na cidade e não é bruto a todo instante.

O seletor Audi Drive Select reúne os programas Auto, Comfort, Dynamic e o personalizável em dois modos de direção RS (dentro do programa Dynamic) escolhidos pelo volante, conforme falamos anteriormente. Os modos de condução alteram os parâmetros do motor, da transmissão, das suspensões, da direção, do diferencial, do som do escape e também o funcionamento do ar-condicionado.

Foto: Roberto Assunção

A caixa automática trabalha de maneira exemplar ao efetuar mudanças/reduções em um piscar de olhos. Dirigindo no Dynamic ao afundar o pé no pedal do acelerador ainda são ouvidos “pipocos” pelas saídas de escape.

As suspensões são confortáveis para um modelo esportivo ao mesmo tempo que o deixa grudado no chão sem demonstrar a tendência de sair de frente ou de traseira ao abusar um tanto a mais.

Os freios de cerâmica são um opcional de R$ 60.000 e a atuação, assim como a progressividade impressionam. Com tudo isso, o Audi RS5 Sportback é a receita para quem deseja esportividade, mas não abre mão da usabilidade cotidiana.


FICHA TÉCNICA


Audi RS5 Sportback
Preço básico: R$ 664.990
Carro avaliado: R$ 724.990
Motor: seis cilindros em V 2.9, 24V, duplo comando variável, injeção direta, biturbo
Cilindrada: 2894 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 450 cv de 5.700 a 6.700 rpm
Torque:  61,18 kgfm entre 1.900 e 5.000 rpm.  
Câmbio: automático, oito marchas
Direção: elétrica
Suspensão: Independente multibraços (d/t)
Freios: discos ventilados (d/t)
Tração: integral
Dimensões: 4,783 m (c), 1,866 m (l), 1,387 m (a)
Entre-eixos: 2,826 m
Pneus: 275/30 R20
Porta-malas: 430 litros
Tanque: 58 litros
Peso: 1742 kg
0-100 km/h: 3s9
Velocidade máxima: 280 km/h
Consumo cidade: 7,3 km/l
Consumo estrada: 9,7 km/l
Emissão de CO2: 167 g/km
Nota do Inmetro: D
Classificação na categoria: E (Extra grande)