Avaliação: BMW M240i é um esportivo racional

O BMW M240i ganhou levíssimos retoques visuais na linha 2018 e oferece desempenho próximo ao do M2, só que por R$ 88 mil a menos

4406

A linha 2018 do M240i traz atualizações tão discretas em design que se ninguém falar nada é capaz de você nem perceber. Por fora, mudou o desenho dos faróis (agora com contornos hexagonais) e das lanternas (maiores). Os faróis bixenônio direcionais foram substituídos por faróis full-LED adaptativos. Por dentro, o painel teve uma modificação estética e agora a faixa cromada fica grudada nas saídas de ar centrais e não sobre o porta-luvas. E a central multimídia ganhou conectividade Apple CarPlay. De resto, é o mesmo carro maravilhoso que substituiu o M235i com 14 cavalos extras e maior torque.

Mas o melhor do BMW M240i é a sua discreta esportividade. O carro é um verdadeiro canhão, pois seu motor 3.0 de seis cilindros em linha é capaz de levá-lo a 250 km/h, com aceleração de 0-100 km/h em apenas 4,6 segundos (dois décimos mais rápido do que o antigo M235i). O torque é generoso: 51 kgfm. E seus 340 cavalos proporcionam uma relação peso/potência de ótimos 4,4 kg/cv. O preço de R$ 316.950 é salgado para um carro que não é um legítimo “M” da divisão de Motorsport da BMW? Certamente que sim, mas fica muito em conta se compararmos seus números de desempenho com os do poderosíssimo M2, o legítimo.

Poupando exatos R$ 88.000, o M240i oferece 30 cavalos a menos, é verdade, mas seu torque tem 2,6 kgfm a mais. Isso deixou-o a apenas 0,3 segundo de diferença do M2 na prova de 0-100. Afinal, traz todas as tecnologias já conhecidas desse motor 6 cilindros da BMW: turbocompromessor de duplo caracol, sistema Valvetronic, duplo Vanos e injeção de alta precisão. A relação peso/potência do M240i é 0,4 kg pior e seus donos não podem dizer que possuem um carro que chega a 270 km/h. Mas estamos falando de consumidores um pouco diferentes.

Enquanto o M2 é pura adrenalina, com seu visual ousado e pneus muito largos, quase um carro de corrida, o M240i é um cupê de três volumes muito mais discreto – o que pode ser mais razoável para um país com tantas diferenças sociais como o Brasil. Assim, o M240i é perfeito para quem gosta de rodar sem aparecer tanto nas ruas, mas com um desempenho espetacular disponível para fazer viagens rápidas e ainda surpreender muita gente em um eventual track-day, pois até launch control esse BMW M240i tem.

Guiar o M240i é puro prazer. As acelerações são vigorosas, porém lineares. O câmbio automático sequencial de oito marchas (o do M2 é automatizado de sete com dupla embreagem) responde bem sob qualquer tipo de utilização (no modo Drive e nas trocas manuais pela alavanca ou pelas borboletas do volante) e a tração traseira torna a condução esportiva mais divertida. Mesmo com o controle de tração ligado, ele permite sensações. Com o ESP desligado, é preciso ter braço e bom senso, pois o M240i entrega muito mais potência e torque do que seu visual pode sugerir.

Se na estrada o carro fica sempre na mão, na cidade ele traz o conforto dos sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré, sistema de áudio Harman Kardon e a facilidade do iDrive Touch Controller, com sistema de navegação profissional. Agora resta saber se o seu perfil combina melhor com a esportividade racional do M240i (que usa essa letra por conta do volante, das rodas e de outros detalhes herdados dos verdadeiros “M”) ou se vale a pena a pena investir R$ 88 mil a mais e levar para casa um M2 mesmo, só para os fins de semana.


Ficha técnica:

BMW M240i

Preço básico: R$ 316.950
Carro avaliado: R$ 316.950
Motor: 6 cilindros em linha 3.0, 24V, turbo, duplo comando de válvulas variável
Cilindrada: 2998 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 340 cv a 5.500 rpm
Torque: 51,0 kgfm de 1.520 a 4.500 rpm
Câmbio: automático sequencial, oito marchas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e multilink (t)
Freios: disco ventilado (d/t)
Tração: traseira
Dimensões: 4,454 m (c), 1,774 m (l), 1,408 m (a)
Entre-eixos: 2,690 m
Pneus: 225/40 R18 (d) e 245/35 R18 (t)
Porta-malas: 390 litros
Tanque: 52 litros
Peso: 1.485 kg
0-100 km/h: 4s6
Velocidade máxima: 250 km/h
Consumo cidade: 7,4 km/l*
Consumo estrada: 10,9 km/l*
Nota do Inmetro: não participa

*Computador de bordo

blog comments powered by Disqus