Avaliação: Chevrolet Cruze Sport6 agrada com preço de SUV compacto

O Chevrolet Cruze Sport6 Black Bow Tie combina o visual “all black” da série especial ao bem acertado conjunto mecânico com motor 1.4 turbo

Como jornalista automotivo, nem sempre estou com o carro certo para o momento. Mas desta vez dei sorte: às vésperas de uma viagem em família até Curitiba (PR), fui escalado para avaliar o Chevrolet Cruze Sport6 Black Bow Tie. Para um fã de hatches médios como eu, uniu o útil ao agradável.

A série especial Black Bow Tie é baseada na versão LT. Traz a mesma (boa) lista de equipamentos com airbags laterais e ar-condicionado automático digital, mas se diferencia do Cruze de entrada por detalhes como os logotipos e as rodas aro 17 com acabamento escurecido, tapetes em carpete e a carroceria na cor Preto Ouro Negro. O motor 1.4 turboflex de 150/153 cv (gasolina/etanol) e o câmbio automático de seis marchas são os mesmos usados nas versões “comuns” do hatch médio.

Mais de 400 quilômetros separam a região do ABC Paulista, onde moro, da capital paranaense. Nos vários trechos sinuosos que cruzamos pelo caminho, como na divisa entre os estados de São Paulo e Paraná, a suspensão mais firme do Sport6 em relação ao sedã e a direção bem acertada tornam a condução divertida.

Nas subidas, embora o melhor rendimento do motor seja notado acima de 2.000 rpm, não falta força, mesmo em giros baixos. Poucas vezes tive que recorrer às trocas manuais. Nas retas, um dos destaques é o baixo consumo. Os números oficiais apontam 13,6 km/l na estrada, embora com o pé leve e velocidade constante não seja difícil atingir médias de 17 km/l. Mesmo carregado.

O espaço para os passageiros é um dos pontos fortes do Cruze. Com uma posição de condução baixa, o motorista “veste” o carro e, após chegar em Curitiba, poderia guiar mais 400 quilômetros sem me sentir cansado. É possível rodar com conforto com o carro cheio, desde que os ocupantes não levem muita bagagem. O porta-malas acomoda apenas 290 litros. Praticamente do mesmo tamanho do compartimento do compacto Onix, então por pouco não teve mala viajando entre os passageiros.

Com preço de R$ 99.790, o hatch médio é uma das opções mais acessíveis do segmento em sua faixa de potência. Mesmo sem ser novidade — são mais de dois anos de mercado — o Cruze Sport6 agrada pelo conjunto bastante equilibrado.


Ficha técnica:

Chevrolet Cruze Sport6 Black Bow Tie

Preço básico: R$ 97.790
Carro avaliado: R$ 99.790
Motor: quatro cilindros em linha 1.4, 16V, turbo, injeção direta, start-stop
Cilindrada: 1399 cm³
Combustível: flex
Potência: 150 cv a 5.600 rpm (g) e 153 cv a 5.200 rpm (e)
Torque: 24,0 kgfm a 2.100 rpm (g) e 24,5 kgfm a 2.000 rpm (e)
Câmbio: automático sequencial, seis marchas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: disco ventilado (d) e disco sólido (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,448 m (c), 1,807 m (l), 1,484 m (a)
Entre-eixos: 2,700 m
Pneus: 215/50 R17
Porta-malas: 290 litros
Tanque: 52 litros
Peso: 1.310 kg
0-100 km/h: 9s0 (g/e)
Velocidade máxima: 214 km/h (g/e)
Consumo cidade: 11,3 km/l (g) e 7,6 km/l (e)
Consumo estrada: 13,6 km/l (g)e 9,3 km/l (e)
Nota do Inmetro: B
Classificação na categoria: A (Grande)