Avaliação: Chevrolet S10 diesel 2018 avança em economia e conforto

A Chevrolet S10 a diesel ganhou um novo conversor de torque, seu motor vibra menos e tem dose extra de conforto e de fôlego ao rodar

7786

Os olhos não veêm, mas o corpo sente. Desculpem-nos pelo chavão, mas ele esclarece bem o que é o CPA (Centrifugal Pendulum Absorver), uma solução de engenharia aplicada na Chevrolet S10 a diesel na linha 2018, responsável por incrementar principalmente a dirigibilidade e o conforto da picape média. Tratam-se de seis pesos dentro do conversor de torque do câmbio automático, que trabalham em movimento de pêndulo, atenuando os ruídos/vibrações do motor.

Mais que conforto a bordo, o CPA também beneficiou o acoplamento da transmissão automática em baixas rotações, com mudanças e reduções mais rápidas em relação ao modelo anterior. O ânimo também foi beneficiado, com uma nova calibração do conjunto motor-câmbio, agora oferecendo arrancadas ainda mais vigorosas. A picapona continua oferecendo 200 cv de potência e 51 kgfm de torque, porém, segundo o fabricante, o tempo para ir de 0-100 km/h baixou em seis décimos, passando de 10,9 para 10,3 segundos. E o trabalho do time de engenheiros da Chevrolet não parou por aí…

Para o propulsor 2.8 a diesel funcionar mais silenciosamente, veio um novo pacote acústico, composto de cobertura metálica na correia dentada e isoladores nos bicos injetores e cárter. O gerenciamento elétrico atualizado ficou encarregado pelo monitoramento contínuo da bateria, por melhorar a tensão do alternador e minimizar o consumo. Aliás, segundo o Inmetro, as médias são de 8,7 km/l na cidade e de 10,6 km/l na estrada – na S10 sem o CPA elas eram de 8,0 e 9,2 km/l, respectivamente.

Além de tudo isso, a S10 continua transmitindo seus conhecidos atributos ao volante, como a boa coxinização da cabine e as suspensões bem calibradas. Como dissemos no comecinho desse texto, as evoluções da picape média da Chevrolet estão fora do alcance dos olhos, porém outras novidades são possíveis de ver, como a nova cor vermelha edible berries (estreou no SUV Trailblazer) e os logotipos reposicionados conforme o padrão global do fabricante. Enfim, a picapona da GM ficou mais próxima da irmã norte-americana Colorado e têm novos atributos para continuar no páreo contra o ataque das rivais.


Ficha técnica:

Chevrolet S10 High Country CPA

Preço básico: R$ 179.950
Carro avaliado: R$ 181.240
Motor: 4 cilindros em linha 2.8, 16V, turbo, injeção direta
Cilindrada: 2776 cm3
Combustível: diesel
Potência: 200 cv a 3.600 rpm
Torque: 51 kgfm a 2.000 a 4.500 rpm
Câmbio: automático, seis marchas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e eixo rígido (t)
Freios: disco ventilado (d) e tambor (t)
Tração: 4×2, 4×4 e 4×4 com reduzida
Dimensões: 5,408 m (c), 1,874 m (l), 1,839 m (a)
Entre-eixos: 3,096 m
Pneus: 265/60 R18
Caçamba: 1.061 litros
Tanque: 76 litros
Peso: 2.101 kg
0-100 km/h: 10s3
Velocidade máxima: 180 km/h
Consumo cidade: 8,7 km/l
Consumo estrada: 10,6 km/l
Emissão de CO2: 212 g/km
Nota do Inmetro: D
Classificação na categoria: B (picape)

blog comments powered by Disqus