Avaliação: Fiat Strada Freedom CD e a questão do custo-benefício

A Fiat Strada Freedom CD é uma opção intermediária, mas o preço fica próximo ao da topo de linha Volcano. Será que vale a pena?

Fiat Strada Freedom CD
Foto: Roberto Assunção

Após avaliarmos a Fiat Strada nas versões Volcano e Endurance Cabine Plus, agora chegou a vez da intermediária Freedom CD. Ela oferta de série um pacote bacana, composto por luzes de neblina, rodas de liga leve, trio elétrico, airbags frontais/laterais, alarme, ar-condicionado, quadro de instrumentos com tela TFT de 3,5”, isofix para fixação de bancos infantis, capota marítima, monitoramento da pressão dos pneus e assistente de partidas em rampas, entre outros itens.  

O valor inicial de R$ 82.911 sobe para R$ 86.869, com o opcional Pack Tech (R$ 3.042) e a cor sólida vermelho Montecarlo (R$ 916). Ou seja, fica próxima a da topo de linha Volcano CD (a partir de R$ 85.964), que oferece faróis Full LED, bancos revestidos em couro/tecido, barras longitudinais sobre o teto e santantônio, só para citar. 

A plataforma MPP atribuiu 4,474 m de comprimento e 2,737 m de entre-eixos assegurando bom espaço interno e aproveitamento da cabine. O acesso é facilitado pelos ângulos de abertura das portas (70º frontais e 80º traseiras). Uma vez dentro, os acabamentos plásticos são de qualidade e bem montados, enquanto a ergonomia beneficiada pelos comandos à mão, os confortáveis bancos e o volante multifuncional – embora a coluna seja ajustável apenas em altura.

+ Novo Mercedes-Benz GLA 200 já está à venda com motor 1.3 turbo
+ VW Nivus estreia em programa de carro por assinatura
+ Transferência de veículos agora é online; como fazer
+ Novo Código de Trânsito: o que muda na Lei da Cadeirinha

Quem viaja atrás dispõem de espaço para as pernas/joelhos e a inclinação do encosto traseiro não cansa durante longas viagens. Aos ocupantes de trás está disponível uma entrada USB para carregar o smartphone ou demais gadgets. Segundo o fabricante, o número de porta-objetos cresceu 30% e somam 15 litros. A conectividade aparece no multimídia de 7” com conexão Android Auto/Apple CarPlay sem fio (também disponível no Fiat Mobi Trekking de iniciais R$ 49.089). O equipamento se destaca tanto pela velocidade das respostas aos toques na tela quanto pela interface bem simples de operar. 

Como a caçamba é um quesito de ‘tira-teima’ na hora de comprar uma picape, o compartimento de cargas da Fiat Strada possui 844 litros e uma capacidade de carga de 650 kg, além de ganchos para fixação e protetor. A configuração Freedom também está disponível na carroceria Cabine Plus (a partir de R$ 76.807), com 1.354 litros e 720 kg de capacidade de carga, para comparar.

O estepe migrou para debaixo do veículo e outro ponto de elogio vai para a tampa traseira, que teve o peso amortecido em 60% por um novo sistema de mola deixando-a extremamente leve. Para ajudar a vida dos até cinco ocupantes na hora de transportar objetos grandes, o extensor de caçamba é um acessório de R$ 1.459.

‘Picapinha’ valente

Sob o capô, o motor de quatro cilindros 1.3 da família Firefly está associado ao câmbio manual de cinco marchas para entregar até 109 cv de potência e 14,2 kgfm de torque ‘bebericando’ etanol. Um bom casamento permitindo ganhar velocidade sem esforços.

Entretanto, os engates da alavanca poderiam ser mais precisos, especialmente, o da primeira e o da ré, pois, eles enroscam, dependendo da situação. Aliás, o curso também poderia ser mais curto. De outro modo, o pedal de embreagem macio não cansa nos congestionamentos e a direção assistida eletricamente contribui nas manobras ou balizas. Outro elogio vai para o acionamento progressivo do pedal do freio.

Na estrada, ao trafegar a 100 km/h o ponteiro do conta-giros marca 3.000 rpm contribuindo no bem estar acústico dos passageiros e a Fiat Strada ainda não sofre com a incidência do vento. A dinâmica é assegurada pelas suspensões, que não deixam a carroceria rolar além da conta nas curvas e garantem uma boa dose de conforto na cidade. 

Em segurança, a Fiat Strada Freedom CD traz os controles eletrônicos de estabilidade e tração E-Locker (TC+) – um sistema voltado para situações de fora-de-estrada, que ajuda a enfrentar terrenos com baixa aderência. Ao pressionar a tecla TC+, o torque é transferido para a roda com mais contato com o solo e a função desativa automaticamente a partir de 65 km/h. O TC+ ainda aciona o ABS Off-Road para melhorar as frenagens em superfícies irregulares, como areia, terra, neve ou brita.

A Fiat Strada Freedom CD oferece um bom conjunto, mas o preço com os opcionais a deixa muito próxima da “irmã” Volcano. Será que vale a pena? Não seria melhor já pular direto para a opção Volcano CD para ter alguns itens a mais? Aí você decide!


Ficha Técnica 

FIAT STRADA FREEDOM Cabine Dupla 
Preço básico: R$ 82.911
Carro avaliado: R$ 86.869

Fiat Strada Freedom Cabine Dupla
Motor: quatro cilindros em linha 1.3, 8V
Cilindrada:
1332 cm3
Combustível:
flex
Potência:
101 cv a 6.000 rpm (g) e 109 cv a 6.250 rpm (e)
Torque:
13,7 kgfm e 14,2 kgfm a 3.500 rpm (g/e)
Câmbio:
manual, cinco marchas
Direção:
elétrica
Suspensão:
MacPherson (d) e eixo rígido (t)
Freios:
discos ventilados (d) e tambores (t)
Tração:
dianteira
Dimensões:
4,474 m (c), 1,732 m (l), 1,606 m (a)
Entre-eixos:
2,737 m
Pneus:
195/65 R15
Caçamba:
844 litros ou 650 kg
Tanque:
55 litros
Peso:
1.167 kg
0-100 km/h:
12s4 (g) e 11s2 (e)
Velocidade máxima:
165 km/h (g) e 169 km/h (e)
Consumo cidade:
12,1 km/l (g) e 8,4 km/l (e)
Consumo estrada:
13,3 km/l (g) e 9,4 km/l (e)
Emissão de CO2:
ND g/km
Nota do Inmetro:
B*
Nota na categoria:
B* (Picape compacta)
*estimado

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel