Avaliação: Fiat Toro Freedom 1.8 fica mais econômica na linha 2018

Equipada com start-stop e modo Sport no câmbio automático de seis marchas, a Toro 1.8 flex ficou mais versátil

A versão mais barata da picape mais vendida do Brasil ganhou duas novidades eletrônicas que a deixaram mais versátil na linha 2018. Comercializada apenas na configuração AT6, a Toro Freedom 1.8 agora vem com um modo de condução “Sport” e sistema start-stop no motor flex de 1,75 litro. Isso deixou a picape um pouco mais econômica. Saiu de uma incômoda nota D para uma aceitável nota C nas medições de consumo do Inmetro. Com gasolina, fazia 10,5 km/l na estrada e agora faz 11,2; na cidade, passou de 8,3 para 9,6 km/l. Os números com etanol também melhoraram, mas não são bons. Quanto à emissão de CO2, caiu de 149 para 132 g/km.

Com essas modificações eletrônicas, a Toro 1.8 dá ao motorista a liberdade de escolher dirigir com mais desempenho ou com mais economia. Para melhorar um pouco as acelerações e retomadas da picape, basta apertar o botão Sport no centro do painel. Por ser a versão de entrada da Toro, porém, a Freedom 1.8 dará mais benefícios a quem optar por uma condução mais econômica, pois o ganho em aceleração não chega a ser relevante no uso diário (cerca de 1 décimo de segundo na medição de 0-100 km/h).

Ainda de olho no custo/benefício, é preciso tomar cuidado para não tornar a Toro Freedom 1.8 muito cara. Apesar de ser um veículo confortável e agradável de dirigir, sua lista de equipamentos de série ainda é um pouco enxuta. Os melhores itens estão no pacote Kit Road, que é vendido por R$ 9.123. Ele inclui rodas de liga leve, parafusos antifurto das rodas, faróis de neblina, retrovisores elétricos com memória, ar-condicionado digital dualzone, câmera de ré, alarme e um kit multimídia completo, com tela sensível ao toque de 5”, entre outros. Mas o preço da picape sobe de R$ 88.890 para R$ 98.013.

Na cor verde botanic, que avaliamos, são cobrados mais R$ 1.732, o que dá um total de quase R$ 100 mil. Com mais R$ 8 mil já é possível comprar uma Chevrolet S10 cabine dupla. E mesmo na configuração básica, a Toro é quase R$ 7 mil mais cara do que a Renault Oroch 2.0 topo de linha (porém com câmbio automático de apenas quatro velocidades).


Ficha técnica:

Fiat Toro Freedom 1.8 AT6

Preço básico: R$ 88.890
Carro avaliado: R$ 99.835
Motor: 4 cilindros em linha 1.75, 16V, start-stop
Cilindrada: 1747 cm3
Combustível: flex
Potência: 135 cv a 5.750 rpm (g) e 139 cv a 5.750 rpm (e)
Torque: 18,8 kgfm a 3.750 rpm (g) e 19,3 kgfm a 3.750 rpm (e)
Câmbio: automático sequencial, seis marchas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e multilink (t)
Freios: disco ventilado (d) e tambor (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,915 m (c), 1,844 m (l), 1,735 m (a)
Entre-eixos: 2,990 m
Pneus: 215/65 R16
Caçamba: 820 litros / 650 kg
Tanque: 60 litros
Peso: 1.619 kg
0-100 km/h: 12s2 (e)
Velocidade máxima: não divulgada
Consumo cidade: 9,6 km/l (g) e 6,5 km/l (e)
Consumo estrada: 11,2 km/l (g) e 7,8 km/l (e)
Emissão de CO2: 132 g/km
Nota do Inmetro: C
Classificação na categoria: A (Picape)

blog comments powered by Disqus