Avaliação: Ford Ka Sedan 1.5 AT é compra passional, com muita razão

Topo de linha, o Ka Sedan Titanium 1.5 AT6 tem qualidades que o aproximam dos modelos de segmentos superiores

35793

Comprar um compacto de entrada em sua versão topo de linha é por vezes uma escolha mais passional do que racional. Embora sejam bem equipados, custam quase o mesmo que alguns modelos de categorias superiores, mas deixam a desejar em itens como acabamento ou desempenho. Mas o Ford Ka Sedan Titanium 1.5 AT é uma exceção à regra. Novidade da linha 2019 do Ka (que chegou com mudanças no visual e reforços na estrutura), tem preço de tabela de R$ 70.990 e é a nova configuração mais cara do modelo.

O novo motor 1.5 de três cilindros – um dos destaques do compacto – é o mesmo empregado no EcoSport. Ele desenvolve 136 cv (com etanol) e é de longe o mais potente oferecido nos modelos de entrada. Combinado ao também novo câmbio automático de seis marchas, o conjunto motriz do Ka Sedan não demonstra falta de fôlego mesmo com cinco adultos a bordo, funcionando de maneira suave até quando se pisa fundo no acelerador.

Elogiados desde o lançamento desta geração, há quatro anos, os sistemas de direção e suspensão foram recalibrados e continuam sendo outros pontos fortes do modelo. Mesmo usando a pressão dos pneus recomendada pela Ford (para reduzir o consumo de combustível) o rodar ainda é confortável, inclusive em pisos irregulares. Embora não seja tão leve quanto em outros carros com assistência elétrica, a direção é precisa e contribui para a sensação de segurança que se sente ao volante do Ka Sedan em altas velocidades.

No interior, os plásticos são duros (como em todos os compactos de entrada), mas no geral o acabamento agrada com encaixes precisos e apliques em preto brilhante. A posição de dirigir é outro destaque. É possível se sentir confortável em várias configurações de altura e inclinação dos bancos (algo raro em um compacto) e os comandos estão sempre bem acessíveis, sem a necessidade de desviar os olhos do trânsito ou do quadro de instrumentos, que é simples, mas funcional.

Desde a versão SE Plus, o Ka Sedan traz de série o sistema multimídia Sync 3. Com tela flutuante de 6,5”, é compatível com Android Auto e Apple CarPlay e se destaca pelo funcionamento ágil e pela facilidade com que é possível acessar suas funções. O espaço interno é típico dos compactos de entrada, mas os passageiros do banco de trás se beneficiam dos cintos de três pontos e do apoio de cabeça para todos os ocupantes. O porta-malas tem dobradiças pantográficas na tampa, outro item raro mesmo em carros mais caros. Se a ideia for levar os bebês para passear, o modelo conta com fixações isofix, agora obrigatórias, para duas cadeirinhas.

A lista de equipamentos também merece elogios. Sem opcionais, traz de série alguns itens raros no segmento, como os airbags laterais e de cortina e o sistema de partida por botão. A lista inclui ainda bancos de couro, volante multifuncional, duas entradas USB no painel, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15”, controles eletrônicos de tração e estabilidade, piloto automático, assistente de partida em rampas, câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro. O Ka Sedan Titanium traz qualidades na medida certa para tornar o que seria uma compra puramente emocional em uma aquisição com boas doses de razão.


Ficha técnica:

Ford Ka Sedan Titanium 1.5 AT

Preço básico: R$ 49.490
Carro avaliado: R$ 70.990
Motor: 3 cilindros em linha 1.5, 12V, duplo comando variável
Cilindrada: 1497 cm³
Combustível: flex
Potência: 128 cv a 6.500 rpm (g) e 136 cv a 6.500 rpm (e)
Torque: 15,3 kgfm a 4.750 rpm (g) e 15,8 kgfm a 4.750 rpm (e)
Câmbio: automático, seis marchas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: disco (d) e tambor (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,275 m (c), 1,774 m (l), 1,525 m (a)
Entre-eixos: 2,490 m
Pneus: 195/55 R15
Porta-malas: 445 litros
Tanque: 52 litros
Peso: 1.135 kg
0-100 km/h: 10s6 (e)
Velocidade máxima: 180 km/h (e)
Consumo cidade: 10,9 km/l (g) e 7,6 km/l (e)
Consumo estrada: 14,0 km/l (g) e 10,1 km/l (e)
Emissão de CO²: 109 g/km
Nota do Inmetro: B
Classificação na categoria: C (Médio)

blog comments powered by Disqus