Avaliação: Hyundai HB20 2019 muda pouco, mas tem fôlego de sobra

O HB20 mudou pouco na linha 2019. Mas segue agradando pelo equilíbrio entre beleza e uma boa lista de equipamentos de série

5292

Alguns carros demoram mais a envelhecer do que outros. O Hyundai HB20, por exemplo, tem quase seis anos de mercado e ainda mostra mais fôlego do que muitos modelos mais jovens. Até junho, segundo a Fenabrave, já somava mais de 50 mil unidades emplacadas no ano e só era superado pelo Chevrolet Onix. Méritos de um conjunto equilibrado, que une a carroceria bonita ao bom acabamento interno e uma lista de equipamentos adequada para a categoria.

Para não alterar o equilíbrio dessa fórmula de sucesso, a marca coreana quase não mexeu na linha 2019 do compacto. Por fora, o visual da versão de topo Premium ficou menos conservador, com a adoção das rodas de 15” de acabamento diamantado e da grade frontal do tipo colméia usada até então pelo esportivado R spec. Do lado de dentro do HB20, é preciso ter olhar treinado para notar as novidades: novos quadro de instrumentos (agora com marcadores de temperatura e combustível analógicos) e o sistema multimídia com tevê digital.

Sem mudanças na mecânica, o HB20 segue agradando os motoristas que privilegiam mais o conforto do que uma tocada esportiva. A suspensão é macia e a direção (embora com assistência hidráulica) é leve. O motor 1.6 desenvolve bons 128 cv de potência (com etanol), mas a combinação do torque máximo a altas 5.000 rpm com o câmbio automático de seis marchas de trocas suaves faz com que o motorista tenha que abusar mais do acelerador para embalar o Hyundai. Uma vez embalado, ele agrada pelo baixo nível de ruído.

Com preço inicial de R$ 66.790, o HB20 Premium traz ar-condicionado automático digital, airbags laterais, isofix, faróis de neblina, rodas de liga leve, retrovisores externos com rebatimento automático, faróis com acendimento automático e a central multimídia BlueMedia. Os únicos opcionais são os bancos de couro marrom e a pintura metálica, que elevam o preço do carro para R$ 69.040. O pecado fica por conta da ausência dos controles eletrônicos de tração e estabilidade (ESP) e do assistente de partida em rampas, já presentes em alguns concorrentes. Não que muita gente tenha dado falta desses itens. Mas não deixam de ser os primeiros sinais de desequilíbrio de um projeto muito equilibrado.


Ficha técnica:

Hyundai HB20 Premium 1.6

Preço básico: (1.6) R$ 54.550
Carro avaliado: R$ 69.040
Motor: 4 cilindros 1.6, 16V, DOHC, comando variável
Cilindrada: 1591 cm³
Combustível: flex
Potência: 122 cv a 6.000 rpm (g) e 128 cv a 6.000 rpm (e)
Torque: 16 kgfm a 4.500 rpm (g) e 16,5 kgfm a 5.000 rpm (e)
Câmbio: automático, seis marchas
Direção: hidráulica
Suspensões: MacPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: disco ventilado (d) e tambor (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 3,920 m (c), 1,680 m (l), 1,470 m (a)
Entre-eixos: 2,500 m
Pneus: 185/60 R15
Porta-malas: 300 litros
Tanque: 50 litros
Peso: 1.040 kg
0-100 km/h: 10s6 (e)
Vel. máxima: 190 km/h (e)
Consumo cidade: 9,9 km/l (g) e 7,1 km/l (e)
Consumo estrada: 12,5 km/l (g) e 9,4 km/l (e)
Emissão de CO²: 105 g/km
Nota do Inmetro: C
Classificação na categoria: D (Compacto)

blog comments powered by Disqus