Avaliação: Mitsubishi L200 Triton Sport mantém a boa pegada na linha 2019

A Mitsubishi L200 Triton Sport ganhou uma versão para frotistas e uma nova opção topo de linha. Nova central multimídia e rodas aro 17 são as novidades

16199

A guerra de mercado está forte no segmento das picapes médias. Com muitas opções de marcas, essas picapes historicamente passaram de veículos essencialmente de trabalho para quase carros de passeio, compondo com os SUVs uma boa parcela dos carros mais desejados de nosso mercado. Tanto é que algumas marcas nem oferecem a opção de cabine simples, o que permite maior capacidade e volume de carga na caçamba. É o caso da Mitsubishi L200 Triton Sport, que acaba de chegar na linha 2019.

Com pouquíssimas novidades em relação à linha anterior, a nova L200 Triton Sport passa a ter cinco opções de acabamento e equipamentos, todas elas com carroceria de cabine dupla e motor 2.4 turbodiesel, com bloco de alumínio. A L200 mais barata é a GL, que, de acordo com o fabricante, é destinada a frotistas. Tem rodas de aço, para-choques de plástico preto e câmbio manual de seis marchas. Essa configuração básica entra agora na família Sport – criada no ano passado, quando a Triton chegou em sua segunda geração –,
até então a L200 GL ainda estava na primeira geração, que chegou ao fim e incluía também as versões Outdoor e Savana.

Para não frotistas, a versão de entrada é a L200 GLX, também com câmbio manual, porém com para-choques pintados, rodas de liga e kit multimídia como opcional. Versão topo de linha, a Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S entra no line up com as duas maiores novidades para a linha 2019: o novo sistema multimídia, que agora tem Android Auto e Apple CarPlay, e as rodas de liga leve de 17”, que exigiram uma recalibração nas suas suspensões para manter o conforto em caminhos mais difíceis. Esses dois itens são exclusivos da L200 HPE-S.

Não há dúvidas de que a versão mais equipada da picape L200 será a mais importante da linha, tanto que era a única disponível para avaliação, em um percurso de três horas por estradas de terra na região de Catalão (GO), onde fica a fábrica da Mitsubishi. Em alguns trechos o caminho estava bem difícil, com mato fechado, então o sistema de tração Super Select II se saiu muito bem. Apenas a HPE e a HPE-S contam com esse sistema completo, que tem 4×2, 4×4 para asfalto, 4×4 para terra (com bloqueio do diferencial central) e 4×4 reduzido, para caminhos difíceis. As outras versões têm o sistema Easy Select, sem bloqueio do diferencial.

O novo sistema multimídia da L200 agora conta com conectividade com Apple CarPlay e Android Auto. O interior da picape japonesa fabricada em Catalão (GO) continua bastante agradável

Os itens adicionais na HPE-S em relação às outras versões são muitos, além do multimídia e das rodas, como o controle eletrônico de tração ATC, o controle de estabilidade ASC, airbags laterais, de joelhos e de cortina, assistente de condução com trailer TSA, assistente de saída em rampa (hill start), assistente de frenagem BAS, diferencial traseiro autoblocante, cinto de segurança traseiro central de três pontos, imobilizador eletrônico, sistema isofix, controlador de velocidade e “otras cositas más”, como faróis de xenônio e algumas regulagens elétricas. São muitas pequenas diferenças que podem até justificar o salto de R$ 120.990, que é quanto custa a versão básica GL da L200, para R$ 174.990, valor da HPE-S. As outras versões custam R$ 126.990 (GLX), R$ 137.990 (GLS com câmbio automático) e R$ 154.990 (HPE).


Ficha técnica:

Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S

Preço básico: R$ 120.990
Carro avaliado: R$ 174.990
Motor: 4 cilindros em linha, 2.4, 16V, turbo, injeção eletrônica direta common-rail, intercooler
Cilindrada: 2442 cm³
Combustível: diesel
Potência: 190 cv a 3.500 rpm
Torque: 43,9 kgfm a 2.500 rpm
Câmbio: automático, cinco marchas
Direção: hidráulica
Suspensões: braços triangulares (d) eixo rígido (t)
Freios: disco ventilado (d) e tambor (t)
Tração: 4×2 ou 4×4, 4×4 para asfalto, bloqueio do diferencial central e reduzida
Dimensões: 5,280 m (c), 1,820 m (l), 1,795 m (a) Entre-eixos: 3,000 m Pneus: 245/65 R17
Caçamba: 1.000 kg
Tanque: 75 litros
Peso: 1.950 kg
0-100 km/h: 10s9
Velocidade máxima: n/d
Consumo cidade: 9,9 km/litro
Consumo estrada: 11,8 km/litro
Emissão de CO²: 189 g/km
Nota do Inmetro: D
Classificação na categoria: A (Pick-up)

blog comments powered by Disqus