Avaliação: Nissan March entra no clima da Olimpíada

6_ms397_March6Patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Nissan seguiu a tradição e não perdeu a oportunidade de lançar um carro alusivo ao evento esportivo. E foi assim que nasceu o March Rio 2016, uma edição limitada a 1.000 unidades. A receita é a seguinte: pegue o topo de linha 1.6 SL Pack Multi, aplique um kit aerodinâmico com saias laterais, spoiler, aerofólio e novo para-choque traseiro e dê um banho de tinta preta nas rodas de 16 polegadas. Para completar, coloque vários adesivos de cor laranja na carroceria, mesma cor que é aplicada na costura dos bancos.

De resto, o hatch é o mesmo velho conhecido do público. E aí vai uma crítica ao interior: tirando o detalhe dos bancos e os tapetes especiais, o visual da cabine destoa do exterior. É comportado demais e praticamente idêntico ao dos March comuns, com os mesmos plásticos de aspecto simples. Por outro lado, a lista de equipamentos do March Rio é bem completa. Sem opcionais, já sai de fábrica com alarme, ar-condicionado automático digital, travas, retrovisores e vidros elétricos nas quatro portas, direção com assistência elétrica, volante multifuncional, câmera de ré e um bom sistema multimídia com Wi-Fi.

A combinação de baixo peso, suspensão firme, pneus de perfil baixo e motor de 111 cv com 15,1 kgfm garantem ao uma agilidade digna de velocista em retas e em curvas, com belas arrancadas (0-100 km/h em 9s3) e boa velocidade(máxima de 182 km/h). A posição de dirigir é elevada, mesmo na posição mais baixa do assento. O volante é regulável apenas em altura, mas não é difícil achar um bom ajuste, mesmo para motoristas mais baixos.

A direção com assistência elétrica é bastante leve e facilita a vida em manobras. Todavia, fica devendo um pouco mais de firmeza a partir de 100 km/h. E o isolamento acústico poderia ser melhorado em altas velocidades, pois os ruídos do motor e de rodagem invadem a cabine. O March Rio custa R$ 53.990, ou seja, R$ 2.500 a mais que a soma pedida por um March SL Pack Multi. Uma boa pedida para quem já era fã do hatch japonês, mas sentia falta de um visual exclusivo (e chamativo).

—–

Ficha técnica:

Nissan March Rio 2016

Preço básico: R$ 53.990
Carro avaliado: R$ 53.990
Motor: 4 cilindros em linha 1.6, 16V, variador de fase na admissão
Cilindrada: 1598 cm3
Combustível: flex
Potência: 111 cv a 5.600 rpm (g/e)
Torque: 15,1 kgfm a 4.000 rpm (g/e)
Câmbio: manual, cinco marchas
Direção: elétrica
Suspensões: McPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: discos ventilados (d) e tambor (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 3,827 m (c), 1,675 m (l), 1,528 m (a)
Entre-eixos: 2,450 m
Pneus: 185/55 R166_ms397_March7
Porta-malas: 265 litros
Tanque: 41 litros
Peso: 982 kg
0-100 km/h: 9s8 (g) e 9s3 (e)
Velocidade máxima: 182 km/h
Consumo cidade: 12,1 km/l (g) e 9,1 km/l (e)
Consumo estrada: 14,5 km/l (g) e 10 km/l (e)
Nota do Inmetro: E
Emissão de CO2: 99 g/km
Classificação na categoria: A (Compacto)

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar