Avaliação: Quem não quer um Mercedes GLS, o SUV do Classe S?


Lembra do Mercedes GL 350 Bluetec? Pois bem: ele mudou de nome e ganhou um novo visual. O SUV de luxo agora se chama GLS 350d. O acréscimo da letra S não mudou as características técnicas do carro – faz parte apenas da nova nomenclatura da marca (GL significa que é um utilitário-esportivo e S se refere à classe da qual deriva). Simples assim: o GLS é o SUV do Mercedes Classe S. Com um visual sóbrio e muito elegante, o GLS traduz a competência da Mercedes na fabricação de carros de luxo.

Para se ter uma ideia, o novo GLS 350d nem é o topo da linha (a Mercedes trará ainda o GLS 500), mas conseguiu cinco estrelas em seis dos dez itens avaliados por MOTOR SHOW: câmbio (nove marchas), segurança, equipamentos (tem os 20 itens listados), multimídia (tem até DVD e entrada HDMI), conforto (é um Classe S ainda maior) e porta-malas (680 litros). Mas por que o fantástico SUV da Mercedes não conseguiu nota máxima em tudo? Bem, porque seu motor a diesel – embora entregue 258 cavalos e mais de 63 kgfm – tem “apenas” 86 cv/litro, pois trata-se de um 3.0 V6 turbinado.

Leva o carro a 100 km/h em 8 segundos, mas não dá a ele uma aceleração nota 10 (pesa quase duas toneladas e meia). Como o GLS não tem uma proposta esportiva, seu desempenho é mais do que suficiente, mas não o consumo. Conseguimos médias de 8 km/l de diesel na cidade, segundo o computador de bordo. Na estrada, fizemos apenas 10 km/l, mas com chuva, sem desenvolver velocidade constante. Mais do que o consumo, o que realmente conta num carro como o Mercedes GLS é a sua dirigibilidade.

E ela é perfeita, graças à tração integral 4Matic (que dá segurança no piso molhado), à confortável direção com assistência elétrica e, claro, à fantástica transmissão automática sequencial 9G-TronicPlus. Se não entrega aquele prazer da tocada esportiva, pois o carro é mais alto do que o sedã Classe S, faz com que o motorista tenha enorme gosto na condução. Melhor ainda: todos os viajantes do GLS (que podem chegar a sete) gozam de extremo conforto, maciez devido às suspensões pneumáticas, máxima conectividade e muito entretenimento. A versão 350d custa R$ 420.900.

—–

Ficha técnica:

Mercedes-Benz GLS 350d 4Matic

Preço básico: R$ 420.900
Carro avaliado: R$ 420.900
Motor: 6 cilindros em V 3.0, 24V, turbo , ineção direta, start-stop
Cilindrada: 2987 cm3
Combustível: diesel
Potência: 258 cv a 3.400 rpm
Torque: 63,3 kgfm de 1.600 a 2.400 rpm
Câmbio: automático sequencial, nove marchas
Direção: elétrica
Suspensões: duplo triângulo (d) e multi-link (t)
Freios: discos ventilados (d/t)
Tração: integral
Dimensões: 5,130 m (c), 2,141 m (l), 1,850 m (a)
Entre-eixos: 3,075 m
Pneus: 275/50 R20
Porta-malas: 680 litros (2.300 com os bancos traseiros rebatidos)
Tanque: 100 litros
Peso: 2.455
0-100 km/h: 8s0
Velocidade máxima: 222 km/h (limitada)
Consumo: não divulgado
Emissão de CO2: sem dados
Nota do Inmetro: não participa