Avaliação: Volvo XC90 T8 R-Design une luxo e visual esportivo

O Volvo XC90 T8 R-Design é a versão “esportivada” da família – com direito a visual exclusivo e grandes rodas aro 22. De resto, o SUV continua o mesmo “tapete voador”

Imponente, superluxuoso e ultraconfortável. Assim é o Volvo XC90. O SUV cheio de garbo e elegância – um sucesso de vendas em seu segmento – ganha uma pitada de esportividade nessa nova configuração T8 R-Design. Com direito a para-choques exclusivos, grade frontal na cor preta e exageradas rodas aro 22, ela ainda tem a cabine com revestimentos mais escuros, com couro e Nubuck no volante e nos assentos, além de detalhes em fibra de carbono – de verdade! –, tapetes acarpetados e uma charmosa chave revestida de couro preto.

A cara de mau não vem atrelada a mudanças mecânicas – ou seja, se trata de um modelo “esportivado”. O motor 2.0 com turbo e compressor volumétrico é associado a um elétrico alimentado por baterias de lítio – tudo igualzinho ao que se vê nas versões T8 Inscription (R$ 399.950) e T8 Excellence (R$ 509.950). Trata-se de um conjunto capaz de mover rapidamente os 2.319 kg do SUV e transmitir a sensação de rodar sobre as nuvens, com absoluto silêncio a bordo e muita suavidade. As rodas maiores não roubam conforto, mas requerem atenção especial aos buracos.

Embora tenha quase cinco metros de comprimento, o XC90 parece ser menor, tanto pela capacidade de contornar curvas quanto pelo raio de giro, que permite entrar e sair de vagas com facilidade. O sistema híbrido prioriza o uso da eletricidade e o desempenho progressivo, com mudanças quase imperceptíveis do câmbio automático de oito marchas. Digno de elogios. São seis modos de condução: Pure (100% elétrico, com até 40 km de autonomia), Hybrid (modo padrão), AWD (tração nas quatro rodas sob demanda) e Individual – além do Power, que rebaixa as suspensões em 1 cm, e do Off-Road, que ergue o conjunto em 4 cm para encarar aventuras fora de estrada.

Mesmo com a bateria incompleta, dirigindo tranquilamente foi possível fazer médias urbanas de quase 20 km/l. A energia é sempre regenerada nas frenagens e nas desacelerações, e a posição B da alavanca de câmbio intensifica o freio-motor elétrico para ajudar no carregamento. Ainda há as funções Hold (poupa energia para ser usada depois) e Charge (transforma o motor a combustão em gerador para carregar a bateria). A recarga completa do XC90 na rede doméstica leva três horas (220V e 16A), e há estações de carga rápida em supermercados, postos e shoppings.

Para completar, o Volvo ainda oferece o sistema semiautônomo que chama de Pilot Assist. Ele controla a aceleração, a frenagem e o volante a até 130 km/h – e sem precisar de um veículo à frente como referência. Outros recursos são o City Safety de segunda geração (evita colisões contra veículos, ciclistas, pedestres e animais) e o de Mitigação de Pista Oposta, que inibe batidas frontais entre 60 e 140 km/h. O pacote de segurança ainda tem controle de cruzeiro adaptativo (ACC) e monitor de ponto cego, que atua no volante para impedir batidas laterais. Claro que toda essa tecnologia tem seu preço: R$ 429.950. Não é pouco, mas pelo que oferece…


Ficha técnica:

Volvo XC90 T8 R-Design

Preço básico: R$ 429.950
Carro avaliado: R$ 429.950
Motor: gasolina quatro cilindros em linha 2.0, 16V, turbo e compressor mecânico, start-stop + elétrico
Cilindrada: 1969 cm³
Combustível: gasolina+eletricidade
Potência: 324 cv a 5.700 rpm + 87 cv do motor elétrico (potência combinada: 407 cv)
Torque: 40,8 kgfm entre 2.200 e 5.400 rpm + 24,5 kgfm do motor elétrico (torque combinado: 65,3 kgfm)
Câmbio: automático, oito marchas
Direção: elétrica
Suspensões: duplo triângulo (d) e multilink (t)
Freios: discos ventilados (d/t)
Tração: integral
Dimensões: 4,950 m (c), 2,008 m (l), 1,776 m (a)
Entre-eixos: 2,984 m
Pneus: 275/35 R22
Porta-malas: 721 litros
Tanque: 70 litros
Peso: 2.319 kg
0-100 km/h: 5s6
Velocidade máxima: 230 km/h
Consumo cidade: 15,5 km/l
Consumo estrada: 17,4 km/l
Emissão de CO²: 79 g/km
Nota do Inmetro: A
Classificação na categoria: A (Utilitário Esportivo Grande 4×4)

blog comments powered by Disqus