Aventura com estilo de segurança

Roberto Assunção

O sucesso mundial do BMW X1 e do Audi Q3 fez a Volvo se mexer – e essa mexida chegou ao Brasil. As 28 revendas  da marca sueca já estão recebendo as primeiras unidades do modelo V40 Cross Country. Não era sem tempo. Em  2013, o X1 registrou 2.716 vendas e o Q3 fechou o ano com 1.609 emplacamentos, ambos no mercado brasileiro. Para enfrentar os SUVs compactos alemães, a Volvo está importando 200 unidades. Com visual aventureiro, motor 5 cilindros de 210 cv e tração integral, traz uma proposta diferente. Esse V40 CC não pretende ser um SUV compacto, mas sim o hatch premium mais versátil do segmento – uma opção para quem deseja viajar para uma praia ou fazenda no m de semana, mas utiliza um carro normal no dia a dia. De cara, o motor T5 oferece 30 cv a mais do que o T4 da versão Dynamic (180 cv). Os 30,6 kgfm de torque estão disponíveis numa grande faixa de giros do motor, entre 2.700 e 5.000 rpm. O carro é rápido e faz 0-100 km/h em bons 7,2 segundos. Além disso, o câmbio automático sequencial de seis velocidades, aliado à tração nas quatro rodas, permite uma boa tocada ao volante. Ele não tem borboletas para trocas manuais – mas, se a proposta é aventura, isso não faz falta. Entretanto, existe uma incoerência na escolha dos pneus. O carro avaliado usava Pirelli P-Zero 225/45 R18, próprio para alto desempenho em estrada. Para rodar na terra, o ideal seria usar pneus de uso misto (Scorpion ATR, no caso da Pirelli). A nal, é um  arro que vem com controle de frenagem em descida.

E seu sistema Instant Traction transfere o torque para a roda que tem mais aderência nos casos de pisos irregulares ou de cascalho. A suspensão foi elevada em 40 mm, para vencer obstáculos. Em relação ao V40 normal, o CC ganhou novo para-choque, grade hexagonal, luzes de LED na posição vertical e faróis de xenônio mais alongados. As rodas de 18 polegadas têm desenho exclusivo. Uma proteção de plástico inferior dá a volta em todo o carro, passando pelos para-choques. As molduras e os espelhos são em preto brilhante. Por fora, o carro tem ainda aerofólio, teto panorâmico e barras de teto em alumínio. O carro avaliado estava com dois acessórios: Sensus Connect Touch (R$ 7.6990) e Styling Kit (R$ 5.729) . O primeiro traz internet, sistema iGo de navegação por GPS igual ao aplicativo Waze (mostra opções de rotas sem trânsito), conexão Wi-Fi e previsão do tempo. O segundo inclui aerofólio de teto (R$ 2.469) e difusor na cor prata.

Por dentro, o V40 Cross Country é muito bonito e so sticado. O acabamento é em alumínio, inclusive a parte interna do volante. O painel e as portas são emborrachados, o que é uma diferença incrível para os plásticos usuais. Ele vem com ar-condicionado digital, piloto automático, faróis de xenônio direcionais e sete airbags. O sistema Whips protege a coluna cervical dos ocupantes em caso de impacto traseiro. Uma das grandes inovações da Volvo em segurança é o airbag de pedestre. Em caso de atropelamento, uma bolsa de ar se in a sobre o vidro dianteiro, saindo de uma fresta que se abre na parte de trás do capô. Esse sistema vem no pacote opcional Safety, que custa R$ 15.000.

Em termos de segurança e conveniência, o V40 é completo. Um dos itens mais interessantes é o quadro de instrumentos com três modos: Elegance (padrão), Eco (com dados de consumo) e Performance (com destaque para o conta-giros). Este último mostra ainda a potência momentânea. A direção elétrica também tem três con gurações de ajuste (mais leve, moderada ou mais pesada). Outro equipamento de segurança é o Volvo On Call. Um botão SOS informa a central sobre um acidente grave – e a própria Volvo se encarrega de avisar a polícia e enviar uma ambulância ao local.

A versão Cross Country T5 AWD é a mais cara do Volvo V40: R$ 141.500 (ou R$ 166.500 com os dois pacotes de opcionais). O BMW X1 2.0 tem 184 cv, parte de R$ 144.950 e pode chegar a R$ 151.950. Já o Audi Q3 Ambition 2.0 oferece 211 cv por R$ 135.600, mas pode alcançar salgadíssimos R$ 193.200. Parece que o V40 CC está no jogo.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga