Base do novo Peugeot 208 será usada em novos modelos no Brasil

Adequação para o uso da base modular CMP fará o Grupo PSA paralizar temporariamente a produção de veículos na fábrica de Porto Real (RJ)

Novo Peugeot 208 que chega ao Brasil também em versão com motor elétrico
Novo Peugeot 208 que chega ao Brasil também em versão com motor elétrico

A partir de novembro, o Grupo PSA anunciou que irá paralisar temporariamente a montagem de veículos Peugeot e Citroën na fábrica de Porto Real (RJ). O objetivo será adequar a unidade industrial para fabricação de novos modelos sobre a plataforma modular CMP. A retomada da produção está prevista para janeiro de 2020.

A PSA vai investir R$ 220 milhões somente no processo de preparação da fábrica fluminense, com a instalação de 30 novos robôs que também serão empregados na produção dos modelos atuais da Peugeot e Citroën.

Em nota, o grupo industrial não citou o nome de nenhum modelo em especial. A base CMP é usada atualmente no novo Peugeot 208. Mas diferente do atual, que é feito no Brasil, o 208 de 2ª geração chegará no próximo ano importado da fábrica argentina de Palomar.

Além do hatch da Peugeot, a CMP é utilizada atualmente nos modelos DS3 Crossback, Opel Corsa e também no SUV Peugeot 2008 de segunda geração, que foi apresentado em junho na Europa.

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar