Bem mais que um velocímetro


Entre as centenas de aplicativos para smartphones que funcionam como velocímetros, poucos se destacam por oferecer algo a mais. A maioria simplesmente usa o sinal de GPS para medir a velocidade real do carro e mostrá-la na tela do telefone, com as mais diferentes grafias – do retrô ao futurista, passando pelo brega. Já são até ferramentas úteis, que servem para aferir seu velocímetro (e descobrir que, na maioria dos casos, você pode andar com o painel do seu veículo marcando uma velocidade um pouco acima do limite da via sem se preocupar com multas). Aqui, porém, selecionamos um app que faz mais do que isso: o Smart Speedometer (em português, Velocímetro Inteligente).

Totalmente gratuito para o sistema Android, além de registrar a velocidade do carro em tempo real, o aplicativo faz gráficos com os dados obtidos, mostrando a variação da velocidade ao longo do tempo. Há também um recurso para medição da força g que atua na aceleração e na frenagem do veículo. Os dados da intensidade da força g são também colocados em gráficos – um de frenagem e outro de aceleração. O app ainda registra um histórico do dia, com um gráfico de barras com todas as frenagens e acelerações, mostrando o número exato de cada uma, a intensidade e a média de força delas. Há, ainda, uma opção de gráfico de longo prazo, para quem, por exemplo, mexe no carro para ganhar potência e quer acompanhar a evolução do desempenho médio.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel