Chevrolet Onix: um compacto que vale mais que quatro Volks

Desde 2015, o Chevrolet Onix é líder de vendas. E desde 2016 as vendas do compacto Chevrolet são maiores que as dos quatro compactos da Volkswagen somados

Chevrolet Onix liderou a venda de carros em junho, segundo Fenabrave
Chevrolet Onix liderou a venda de carros em junho, segundo Fenabrave

No segmento de compactos, o Chevrolet Onix corre entrar para a história como maior que o Gol? Hoje, em termos de domínio de mercado, ele vale bem mais que um Gol. Para ser mais preciso, hoje o Chevrolet Onix vende mais que os quatro Volkswagen mais vendidos juntos. Mesmo no fim do ciclo de vida da geração anterior, que foi mantida, as vendas não caíram expressivamente e ele, de longe, se manteve na liderança.

Veja o top 10 de emplacamentos em 2019:

1º GM/ONIX 241.214
2º FORD/KA 104.331
3º HYUNDAI/HB20 101.590
4º RENAULT/KWID 85.117
5º VW/GOL 81.285
6º FIAT/ARGO 79.000
7º GM/PRISMA 73.721
8º VW/POLO 72.057
9º JEEP/RENEGADE 68.726
10º JEEP/COMPASS 60.361  

Mesmo que a Volks tivesse lançado o novo Polo como novo Gol, como era seu plano inicial (leia mais dessa história que revelamos com exclusividade aqui), e então adotado novamente a estratégia de vender simultaneamente duas gerações ou as opções pré-facelift/pós-facelift do Gol – como a Chevrolet faz com o Onix –, não bateria o Onix. 

De fato, no segmento de compactos, o Chevrolet Onix é imbatível há anos. Nem somando aos emplacamentos do Gol no ano passado as expressivas vendas do Polo-que-quase-foi-Gol, as (surpreendentes) vendas do agora aposentado Fox/CrossFox e as inexpressivas do Up (pouco mais de mil unidades mensais), o Gol bate o Chevrolet Onix. A vantagem do carro da GM ainda é de mais de 25 mil unidades, mais que as vendas anuais atuais do Ford EcoSport. E isso nem é novidade: aconteceu no passado, e nos anteriores, desde 2016.

Veja os números:

ANO Onix Gol Polo Fox Up
2019
81.285 72.057 38.487 13.460
241.214 soma VW: 205.289
2018
77.612 69.584 39.260 20.563
210.458 soma VW: 207.019
2017
73.919 42.716 34.161
188.654 soma VW: 150.796
2016
57.390 43.727 38.354
153.371 soma VW: 139.471
2015
82.746 79.590 53.542
125.913 soma VW: 215.878

 

NASCIDO PARA VENCER

Na verdade, o Chevrolet Onix foi um sucesso quase instantâneo: lançado em outubro de 2012, já foi o sétimo colocado em 2013, ainda com pouco menos da metade das vendas do líder Gol, mas já superando o Hyundai HB20, que viria a ser outro fenômeno de vendas. Em 2014, o Chevrolet Onix chegou à faixa de 150 mil unidades, pouco abaixo dos líderes Fiat Palio e VW Gol (nesta ordem, ambos quase empatados com pouco mais de 183 mil unidades cada). Foi o fim definitivo do domínio de 23 anos do Gol. 

Mas a liderança do Chevrolet Onix veio em 2015, seu quarto ano cheio de vendas. Ainda com uma só carroceria, da primeira geração, foram vendidas 125.931 unidades do Onix, contra 122.364 do vice Fiat Palio e 110.396 do Hyundai HB20. Em 2016, com a reestilização (que ficou com a cara da galeria acima) da primeira geração e a estratégia de manutenção da versão Joy, foi quando, como mostramos, o novo compacto da Chevrolet passou a vender mais que os quatro compactos da Volks.

É A MULTIMÍDIA, ESTÚPIDO (E O CÂMBIO)

Um dos motivos do sucesso do Chevrolet Onix, principalmente no começo de sua vida, foi olhar o que os jovens, expressivos consumidores de compactos, mais valorizam em um carro, muito mais que potência ou acabamento, ou segurança: uma central multimídia com tela multifunção colorida, conectividade com celular e etc. E a multimídia, em boa parte explica estes resultados. 

Roberto Assunção

Mas também somam-se a isso, claro, o ótimo espaço interno, o motor 1.4 com ótimo equilíbrio entre consumo e desempenho, o custo baixo de manutenção e, obviamente, o ótimo câmbio automático de seis marchas – enquanto os rivais tinham péssimos automatizados ou caixas ultrapassadas de 4 velocidades.

O TROPEÇO DA NOVA GERAÇÃO

Como todos sabem, a nova geração do Chevrolet Onix (leia aqui) chegou ao mercado no fim do ano passado. Maior, mais equipada e segura, com um novo motor 1.0 turbo – e ainda convivendo com a antiga, para manter opções baratas que usem o mesmo nome – o Onix chegou com tudo para continuar um sucesso (leia avaliação do Onix aqui).

Mas, como todos sabem, o modelo, na versão sedã lançada antes com o nome Onix Plus começou a pegar fogo (leia aqui) e depois ainda sofreu, também no hatch, vazamento de combustível. São sem dúvida tropeços que devem atrapalhar as vendas, mas este Blog Sobre Rodas acredita que o compacto da Chevrolet se manterá na liderança até, pelo menos, 2023. A conferir.

 

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga