Chevrolet Tracker ultrapassa Jeep Renegade e assume a liderança, mas a corrida não vale nada

O SUV compacto Chevrolet Tracker assumiu a liderança de vendas entre os SUVs compactos em abril, mas, com a crise do coronavírus, dá para concluir pouco. Renault Duster foi o quarto colocado

Chevrolet Tracker 2021
Novo Chevrolet Tracker Premier 2021

O SUV compacto Chevrolet tracker assumiu a liderança de vendas entre os SUVs compactos em abril, segundo os dados divulgados hoje pela Fenabrave. Mas isso não diz muita coisa. Com um safety car na pista — a crise do coronavírus, esses números do mercado não podem ser tomados como muito reais.

Tudo bem que o Chevrolet Tracker é um ótimo carro , mas ele foi lançado bem às vésperas da quarentena da pandemia atual, pouco depois do também novo Renault Duster (leia aqui a avaliação). Aliás, este também é ótima compra ficou em quarto lugar, também mostrando que o mercado está bem atípico.

Em abril, entre todos os SUVs, foram emplacados 1.395 Chevrolet Tracker, contra 1.155 unidades do líder (em 2019 e no acumulado de 2020) Jeep Renegade, 1.095 do Jeep Compass e 1.015 do Renault Duster. Aliás, o número de emplacamentos do Duster está estranho, pois é igual ao de março, quando ele foi lançado, sendo que todos os demais modelos despencaram em abril. Pode haver algo errado na informação.

Os números devem ser lidos com cautela, por vários motivos. Nessa corrida pela liderança de vendas, bem quando a melhor disputa ia começar, com dois pilotos com muito potencial renovados para a briga – Chevrolet Tracker e Renault Duster – veio o coronavírus e o safety car entrou na pista. O Tracker teve, inclusive, seu grande lançamento “de gala” cancelado e poucos órgãos de imprensa o avaliaram (a MOTOR SHOW foi um deles; leia aqui a avaliação).

DIFERENTES IMPACTOS

Cada marca tinha um estoque específico de cada produto antes da crise, cada uma parou sua fábrica em momento diferente. Cada marca tem sua distribuição geográfica pelo país bem diferente, sendo que algumas nem estão presentes em algumas regiões, e o comércio (e as concessionárias) em cada região do País foram parados (ou não) em momentos diferentes. E mais: mesmo dentro da mesma marca, um produto vai melhor em uma região, outra na outra, e elas também podem ter parado (ou não) em momentos diferentes.

De qualquer modo, o Chevrolet Tracker demonstra muita força como produto e, pela minha própria visão do carro e a opinião dos colegas – eu ainda não consegue dirigi-lo – diria que vai, sim, lutar pela liderança quando tudo voltar ao normal. Já o Duster deve ficar entre os sete mais vendidos, quem sabe chegando a um quinto ou até quarto lugar, pela novidade e por suas qualidades de sempre. A conferir quando tudo isso passar e o safety car permitir que todas as marcas acelerem tudo novamente.

PS: seguindo o ranking – VW T-Cross (vice-líder no ano e nossa Compra do Ano 2020) 998 unidades, Nissan Kicks 785, Hyundai Creta 615 e Ford EcoSport 580.


A NOVA EDIÇÃO DA REVISTA MOTOR SHOW, COM A COMPRA DO ANO 2020,
ESTÁ DISPONÍVEL GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE. CLIQUE AQUI PARA LER