Aliança Ford e Volkswagen: quem sai, quem fica

Com a nova aliança global entre Ford e Volkswagen, o Blog Sobre Rodas dá suas sugestões sobre os carros que deveriam "morrer" e os que deveriam seguir em linha e servir de base para a marca parceira

Assim como a extinta Autolatina, união da Ford com a Volkswagen entre 1987 a 1994 que gerou modelos iguais com marcas diferentes – como VW Apolo e Ford Verona –, uma nova parceria, agora global, foi anunciada recentemente entre as duas marcas.

Inicialmente, o acordo prevê o desenvolvimento conjunto das substitutas das atuais Ford Ranger e VW Amarok, que devem chegar ao mercado em 2022. A Ford ficará responsável ainda pelo desenvolvimento das vans de grande porte das duas marcas, enquanto a Volkswagen será responsável pelas vans compactas.

Os dois grupos se comprometeram ainda em estudar a expansão da parceria para as áreas de veículos elétricos, mobilidade e direção autônoma. E não descartam a possibilidade de desenvolvimento conjunto de veículos também em outros segmentos.

Então o Blog sobre Rodas decidiu, em uma brincadeira livre, um exercício de imaginação, simular uma fusão total entre as linhas das duas marcas. Mostramos aqui quais seriam, na opinião do Blog, os modelos que deveriam sair de linha (ou serem “refeitos” a partir do modelo da marca parceira) e aqueles que deveriam ficar (e servir de base para a outra marca desenvolver nova geração de algum veículo ou um novo modelo). Vamos lá?

City-car – VW Up

O Up seria o escolhido, porque o Ka cresceu – veja abaixo – e a  Ford não tem nada no segmento. Mas a Ford podia ajudar no design da próxima geração do VW Up, tentando dar a ele ao menos uma pitada da ousadia que mostrou no Ford Ka de primeira geração.

Compacto – VW Gol vs Ford Ka

O Blog escolhe o Ford Ka, que sempre foi um ótimo carro – e nessa última geração, crescido, passou de City-car para hatch compacto e ficou sob medida para o brasileiro. Já o Gol, apesar de ter sofrido evoluções e ainda ser um bom carro, está com projeto velho, plataforma ainda de 2008 (a do Ka tem a mesma idade, pois era usada no Fiesta de sexta geração, mas a adaptação para o Ka é nova, assim como seu projeto como um todo, de 2016). 

Compacto Premium – VW Fox e VW Polo vs Ford Fiesta (finado)

O arcaico VW Fox está saindo de linha, então resta o VW Polo atual, que usa uma plataforma nova e moderna (MQB A0), mas peca no acabamento. Já o “nosso” Ford Fiesta, que não evoluiu junto com o hatch europeu na última geração, mas está saindo de linha mais por causa dos problemas financeiros da Ford – que fechou a fábrica de caminhões onde era o único modelo de automóvel feito atualmente – do que por suas falhas enquanto produto. O Blog ficaria com o desenho, as suspensões e a dinâmica do Fiesta, e a mecânica 1.0 TSI da Volks.

Sedã compacto – VW Voyage vs Ford Ka+

Assim como em Gol vs Ka, e pelos mesmos motivos, nesse caso o Blog mata o Voyage e mantém o Ford Ka.

Hatch médio – VW Golf vs Ford Focus

O Blog salvaria o VW Golf e mataria o Ford Focus – embora com a onda dos SUVs a tendência parece ser de ambos encolherem até acabarem. Escolheria o Golf Pelo acabamento, pela dinâmica, pela dirigibilidade e pela mecânica. Mas teria que ser um VW Golf como o alemão, sem simplificações, adaptações ou empobrecimentos para se adaptar nosso mercado.

Sedã compacto-médio – VW Virtus

A Ford também não se aventurou aqui, então não resta opção. O VW Virtus fica.

Sedã médio – VW Jetta vs Ford Focus Fastback

O Ford Focus Sedan/Fastback sempre foi tão bom de guiar quanto o hatch – que, por sua vez, sempre foi quase tão bom na dirigibilidade quanto o VW Golf. Então não é pouco. Mas o Ford Focus sempre foi apertado, e isso não casa com um sedã familiar – e dirigibilidade afiada não está entre os principais motivos de compra na categoria. Por isso o Blog ficaria com o VW Jetta e mataria o Focus. Mas o Volks teria não só o motor 1.4 turbo, mas também o 2.0 turbo na versão GLI (leia aqui), como deve acontecer mesmo em breve.

Sedã grande – VW Passat vs Ford Fusion

O Ford Fusion sempre venceu os comparativos com o VW Passat, mas isso acontecia principalmente por causa do preço muito mais atraente – uma vantagem de vir do México sem pagar Imposto de Importação, algo que vai acabar em breve. Mas o fato é o Fusion era “americano” demais e o VW Passat sempre foi mais carro, e por isso o Blog ficaria com ele – mas não pode ser a versão dos americanos, tem que ser o modelo Europeu, que é importado hoje.

SUV compacto – VW T-Cross vs Ford EcoSport

No segmento que mais cresce do mercado, e talvez o mais disputado hoje, se fosse para escolher a partir do que é oferecido hoje, o Blog ficaria com o VW T-Cross, mas não muito satisfeito. Porque um novo modelo de sucesso teria, para o Blog Sobre Rodas, que ter a “alma” e a capacidade de inovação que o Ford EcoSport mostrou em 2003 casados à mecânica e ao pacote tecnológico do VW T-Cross – mas com o acabamento do EcoSport 2019, porque nesse ponto o novo Volks é quase tão simples quanto aquele espartano EcoSport antigo.

SUV médio – VW Tiguan vs Ford Escape (ou Territory)

Embora não tenha tido contato com o Ford Escape, ele parece, pelo design, tão insosso quanto o SUV da Volks. O Territory, espécie de versão emergente dele, também teria, a princípio, a simpatia do Blog. No caso do Volks, talvez a versão mais curta do Tiguan nos encantasse mais que o exagerado Allspace vendido no Brasil hoje. Por isso, o Blog ficaria com o VW Tiguan, mas o europeu.

SUV Grande – VW Touareg/VW Atlas vs Ford Edge/Explorer

No segmento de SUVs grandes, as duas marcas têm modelos mais ou menos refinados, focados em diferentes mercados. O Blog sempre gostou do VW Touareg, um SUV com acabamento e sofisticação acima da média da marca, e o Atlas nos pareceu um certo “abuso” em cima da plataforma MQB. Comercialmente, para o mercado brasileiro achamos que não vale investir em nenhum deles. Globalmente, o VW Touareg nunca foi um sucesso por ser meio “demais para um Volks”. Assim, o Blog fica com o Edge.

SUV-Coupé – VW I.D.Crozz vs Ford “e-Mustang”

Enquanto a Ford desenvolve um SUV-cupê 100% elétrico baseado no Mustang – leia mais aqui –, a Volkswagen já mostrou, inclusive no Salão de São Paulo, seu I.D. Crozz, um conceito de um novo modelo elétrico – e também um SUV cupê (e dizem nossas fontes que um modelo popular seguirá a mesma linha; leia aqui). Pela  bizarrice aparente do modelo da Ford, ficamos com o Volkswagen I.D. Crozz.  

Esportivo – Ford Mustang

Bem, a Volks não tem nada e nunca teve nada parecido, então ficamos com o Mustang. Pense num Volks que nasceria a partir dele. Aceitamos sugestões.

Picape Compacta – VW Saveiro

A Ford Courier nunca se destacou por nada além do preço, então ficamos com a VW Saveiro.

Picape quase-média – VW Tarok

Mostrada apenas como conceito, a Volkswagen Tarok mira a Fiat Toro. A Ford não mostrou nada para esse novo segmento, bem brasileiro, mas o natural seria seguir o caminho da marca parceira.

Picape média – VW Amarok vs Ford Ranger

Parece que a nova Amarok será uma versão com o logo Volkswagen da nova Ford Ranger. O Blog preferia que fosse o contrário, que a Amarok ditasse as regras, pois sempre achou a Amarok superior à Ranger em dirigibilidade, cabine e quase tudo. Mas o blog reconhece que a Ford tem mais know-how no assunto, e por isso deve mandar nesse desenvolvimento.

 

E então, você concorda com as escolhas do blog? O que faria? Deixe seus comentários abaixo.