Juntos, VW Gol e Polo batem dupla Chevrolet Onix e Joy e ajudam a manter a Volkswagen na liderança

Pelo primeiro mês desde que o Chevrolet Onix virou líder de vendas, VW Gol e Polo somados o superam. Se o Polo fosse chamado de novo Gol, como planejado, seria líder. Mas isso importa?

Chevrolet Onix Premier
Chevrolet Onix Premier (Divulgação)

O novo Chevrolet Onix é tão superior ao anterior (aquele que roubou a longa liderança de vendas do VW Gol) que poderia até ter outro nome. Na verdade, ele tem outro nome, porque, para distinguir as duas últimas gerações, a marca rebatizou o Onix da geração anterior como Joy (fotos abaixo), e “transferiu” o nome Onix para o novo modelo.


Mas o antigo Chevrolet, agora chamado comercialmente de Joy, continua sendo chamado nos rankings de vendas da Fenabrave de Onix. Assim, os números são sempre somados, ninguém sabe bem qual vende quanto, e a marca mantém faz tempo o nome “Onix” no topo do ranking de emplacamentos — embora se tratem de dois modelos bem diferentes (ele só saiu da posição em julho, por  causa de uma situação bem específica).

O curioso é que, como sabemos, e MOTOR SHOW revelou com exclusividade antes de todo mundo, a Volks viveu um dilema sobre esse mesmo assunto “nome” com o seu Gol. A nova geração dele, que foi o carro mais vendido do Brasil por mais de duas décadas, seria a versão rebatizada do Polo europeu (era chamada internamente de “Polo G”).

Assim como no caso do Chevrolet, se o Polo virasse o VW Gol de nova geração, ficaria tão superior ao modelo anterior, e tão melhor (e mais caro), que seria inviável aposentar o anterior (como aconteceu com o Onix ao superar a “barreira” dos 4 m de comprimento).

+VW Nivus pode fazer marca superar Chevrolet e virar líder
+SUV-cupê? Conheça a verdadeira “origem” do VW Nivus e outros modelos
+Avaliação: vale a pena pagar quase R$ 80.000 na Fiat Strada Volcano?
+Comparativo: Volkswagen T-Cross x Chevrolet Tracker

Assim, a marca decidiu lançar o modelo aqui como Polo mesmo (essa foi a grande notícia que demos, quando todos falavam em novo Gol. Pena, pois, como já avaliei aqui bo blog, se tivesse sido lançado como Gol, seria um Gol perfeito (ou quase); leia aqui).

E tivesse o novo VW Polo sido lançado aqui como novo VW Gol, como inicialmente planejado, a marca poderia adotar estratégia similar à do Chevrolet Onix — como, por exemplo, rebatizar o Gol anterior como Gol “Classic”, ou assim. Teria, assim, dois carros diferentes chamados de VW Gol, como há dois Chevrolet Onix.

Isso não teria garantido manter o VW Gol na liderança, pois a marca alemã, mesmo com este “novo VW Gol”, teria perdido o primeiro lugar para o Chevrolet Onix — por certo tempo, nem mesmo somadas as vendas dos três compactos e o subcompacto da rival — VW Gol, Polo, Fox e Up — superavam as do Onix (leia aqui).

A virada

Entretanto, no mês passado, com o crescimento da participação do VW Gol no mercado, e uma redução na do Chevrolet Onix, o Fox nem precisaria estar em linha (ainda bem que está, pois ainda é bom negócio; leia). Pela primeira vez, somando os emplacamentos do que teriam sido os “dois Gols” — o velho “Golzinho” e o novo “Golzão”/Polo — a Volks teria recuperado a liderança do ranking de vendas por veículo. Confira os números:

VENDAS EM AGOSTO

Polo 3.427
Gol 7.912
Polo+Gol 11.339
Onix+Joy 10.609

Assim, a Volkswagen não teria apenas a liderança de vendas por marca, que enfim reconquistou, ainda no mês passado, não só graças a boas novidades como o SUV T-Cross (leia avaliação) e o SUV-cupê Nivus (leia avaliação), que somaram 8.604 emplacamentos no mês de agosto, mas também pelas vendas desta dupla Polo e Gol, que somaram ainda mais que isso. Teria também o carro mais vendido.

VENDAS EM AGOSTO:

O que importa

E isso importa? De qualquer forma, o que mais vale agora, com ou sem o nome “Gol” no topo da lista (ele ficou em terceiro, e o Polo, em 13º), é que o hatch antigo ainda tem um resultado surpreendente no mercado e que, com a importante ajuda deles — que corresponderam a um terço das vendas da marca em agosto — a Volks manteve sua recém-conquistada liderança de vendas totais.

E, como vimos, no segmento de compactos, com o velho VW Gol e o moderno Polo somados, a Volkswagen agora também vende mais que qualquer outra marca (sejam as somas de Chevrolet Onix e Joy, de Fiat Argo e Uno — o Mobi é subcompacto — ou qualquer outra). Isso sem falar que agora a Volks tem o SUV mais vendido do mercado, o T-Cross. Ou seja, mais lucro no caixa, acionistas e matriz mais felizes (dentro do possível, em um mercado em crise). Não é isso o que mais importa?

+VW Nivus pode fazer marca superar Chevrolet e virar líder
+SUV-cupê? Conheça a verdadeira “origem” do VW Nivus e outros modelos
+Avaliação: vale a pena pagar quase R$ 80.000 na Fiat Strada Volcano?
+Comparativo: Volkswagen T-Cross x Chevrolet Tracker

 

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel