BMW começa a vender o Série 8 Coupé no Brasil por R$ 799.950

Cupê esportivo assume topo da gama "convencional" da marca alemã, sem contar a linha "i" (de carros híbridos e elétricos da empresa), onde o mais caro é o híbrido i8

"The 8", ou "O 8", como é chamado o cupê da Série 8, foi apresentado no Salão de SP em 2018 (Foto: André Deliberato)

A BMW começa a vender nesta semana no país o novíssimo Série 8 Coupé, na versão M 850i xDrive, por R$ 799.950 – curiosamente, quase R$ 800 mil, se for válida a brincadeira de relacionar o “8” do nome do carro ao valor.

Além do design cativante – um dos mais elogiados entre os carros exibidos no Salão do Automóvel de SP do ano passado –, o cupê traz sob o capô um motor V8 de 4,4 litros, capaz de entregar 530 cavalos e impressionantes 76,5 kgfm de torque, aliado a uma caixa de câmbio automática de oito marchas.

Segundo a BMW, o Série 8 é o “representante de uma nova linguagem de design, altamente luxuosa e ousada”. Ele será importado da fábrica de Dingolfing, na Alemanha, e os pedidos podem ser efetuados diretamente na rede de concessionárias. O desembarque das primeiras unidades está programado para o começo do segundo semestre.

Com 4,85 m de comprimento, 2,82 m de entre-eixos, 1,90 m de largura e apenas 1,35 m de altura, o Série 8 se destaca pelos vincos e linhas externos e internos. Por dentro, aliás, o cupê tem foco na pegada esportiva ao dirigir, já que, segundo a marca, “a forma como os controles estão dispostos favorece à concentração do motorista no que está acontecendo à frente”. A capacidade do porta-malas é de 420 litros.

Também de acordo com a BMW, o Série 8 vai de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos e pode atingir 250 km/h. Este desempenho também se deve à tração integral inteligente, que pode distribuir o torque entre as rodas visando maximizar a tração e a estabilidade. Em baixas velocidades, as rodas traseiras conseguem se esterçar levemente, no sentido contrário às dianteiras, para facilitar manobras; em altas, no mesmo sentido das dianteiras, para melhorar a estabilidade.

Com uma infinidade de equipamentos de última geração, o modelo será vendido em oito opções de cores externas, sendo uma sólida (Branco Alpino) e sete metálicas (Preto Carbono, Preto Safira, Branco Mineral, Azul Sonic Speed, Laranja Sunset, Dravit Grey e Azul Barcelona). Por dentro, traz forração de couro em seis combinações distintas, nas cores preto, Cognac, Ivory, Tartufo, Night Blue e Vermelho Fiona.

Desenho é invocado e tem pegada agressiva mesmo na traseira (Foto: André Deliberato)